Suspeitos de ataque contra consulado dos EUA são presos no Iraque

Geral

Suspeitos de ataque contra consulado dos EUA são presos no Iraque

Redação Folha Vitória

Bagdá - Autoridades curdas anunciaram hoje a prisão de uma célula com supostos vínculos com o Estado Islâmico e que seria responsável pelo ataque com uma bomba realizado há duas semanas contra o consulado dos Estados Unidos no norte do Iraque. De acordo com um comunicado oficial, a célula com cinco membros havia mantido contato com o Estado Islâmico durante vários meses, enquanto os suspeitos planejavam o ataque com um carro-bomba na capital regional curda de Irbil.

Três pessoas morreram e cinco se feriram no atentado. O Estado Islâmico reivindicou a autoria da ação. Quatro suspeitos foram identificados como moradores de Irbil, enquanto um quinto é um morador árabe da cidade de Kirkuk. Um suspeito ainda está foragido, segundo o comunicado.

Em Bagdá, a Organização das Nações Unidas afirmou que homens armados sequestraram um funcionário local trabalhando para a entidade na província de Diyala, no leste iraquiano. O homem foi sequestrado no domingo, na cidade de Baquba, perto da sede do governo local. O irmão da vítima disse que a família recebeu um pedido de resgate de US$ 100 mil. Fonte: Associated Press.

Pontos moeda