Fundador do Grupo Águia Branca morre no Espírito Santo

Geral

Fundador do Grupo Águia Branca morre no Espírito Santo

Vallecio Chieppe foi um dos fundadores do grupo Águia Branca, junto com os irmãos Wander e Aylmer. Ele sofria de complicações do Mal de Alzheimer

Vallecio Chieppe Foto: Divulgação

O fundador e ex-presidente do Grupo Águia Branca, Vallecio Chieppe, faleceu por volta das 7h deste sábado (9) em sua residência. O corpo do empresário, que tinha 87 anos e sofria com complicações do Mal de Alzheimer, será sepultado a partir das 16h30 no cemitério Jardim da Paz, em Laranjeiras, na Serra.

Vallecio Chieppe deixa a mulher, Nascir Guaitolini Chieppe, e os filhos Decio Luiz, Liliane e Edilene Chieppe, além de netos. “Estamos todos sensibilizados com a morte de nosso pai, um homem cuja vida foi toda ela um exemplo que procuramos seguir, que procuramos levar os nossos filhos a seguirem, e que eles certamente terão orgulho que seus filhos sigam. Ele era um homem empreendedor, determinado, ativo e corajoso, que acima de tudo dedicou até quando pôde ao trabalho”, disseram os filhos, por meio de nota.
 
Vallecio Chieppe foi um dos fundadores do Grupo Águia Branca, junto com os irmãos Wander e Aylmer. Ele ingressou no setor de transportes de passageiros bem cedo, aos 17 anos, como trocador do único ônibus adquirido pelo seu pai, Carlos Chieppe. No ano de 1957 decidiu então comprar a empresa de ônibus Águia Branca, que mais tarde também integraria outras empresas. Com a companhia em estágio de desenvolvimento, assumiu a presidência, onde permaneceu até 1996, quando o grupo completou 50 anos de fundação.