G-7 não chega a consenso sobre novas sanções à Rússia por apoio ao governo sírio

Geral

G-7 não chega a consenso sobre novas sanções à Rússia por apoio ao governo sírio

Redação Folha Vitória

Lucca, Itália - O ministro das Relações Exteriores da Itália, Angelino Alfano, disse nesta terça-feira que não houve nenhum "consenso" entre os países do G-7 para novas sanções contra a Rússia por causa de seu apoio ao presidente da Síria, Bashar al-Assad.

Segundo Alfano, a ideia foi levantada em uma reunião em Lucca, na Itália, pelo secretário de Relações Exteriores do Reino Unido, Boris Johnson.

No entanto, Alfano disse que "isolar a Rússia ou empurrá-la para um canto seria errado".

"A posição do G-7 é muito clara, apoiando sanções contra a Rússia sobre suas atividades militares na Ucrânia", disse Alfano.

O italiano disse ainda que a Rússia deve pressionar Assad para parar o uso armas químicas e se juntar ao impulso internacional pela paz na Síria. Fonte: Associated Press