Linhas de telefone da Ufes são cortadas por atraso em pagamento

Geral

Linhas de telefone da Ufes são cortadas por atraso em pagamento

O problema atingiu todas as linhas do campus de Goiabeiras, em Vitória. A universidade, no entanto, garante que o pagamento foi feito na terça-feira e aguarda o retorno do serviço

Linhas de telefone do campus de Goiabieras foram cortadas Foto: Divulgação

As linhas de telefone da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) foram cortadas por falta de pagamento. O problema atingiu todas as linhas do campus de Goiabeiras, em Vitória. A informação foi confirmada pela própria assessoria de comunicação da universidade.

Segundo a Ufes, a conta telefônica estava em atraso por falta de dinheiro. A instituição não informou quanto tempo a conta ficou em atraso, mas garantiu que o pagamento foi efetuado na terça-feira (18).

De acordo com a universidade, a operadora de telefonia entrou em contato com a instituição, na manhã desta quarta, alegando não ter identificado o pagamento. A Ufes, por sua vez, disse que encaminhou o comprovante de pagamento à operadora e agora aguarda o reestabelecimento do serviço.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação da operadora Oi, responsável pelo serviço, mas até o momento não houve retorno.

Outros cortes

O corte das linhas telefônicas da Ufes por falta de pagamento aconteceu pelo menos outras duas vezes. Uma delas foi em junho do ano passado. Na ocasião, a operadora responsável pelo serviço informou que as contas estavam atrasadas há cerca de quatro meses.

Além disso, no início de 2016 a universidade teve não só o serviço de telefonia cortado, mas também o de limpeza. Na época, o reitor da instituição alegou que a falta de pagamento ocorreu devido à redução do valor do repasse feito pelo Ministério da Educação.