Número de denúncias contra assédio ainda são baixos. Veja o que dizem especialistas!

Geral

Número de denúncias contra assédio ainda são baixos. Veja o que dizem especialistas!

O ator José Mayer continua rendendo inúmeras discussões. Após assumir o ato a uma figurinista capixaba, e o caso ganhou proporção nas redes sociais

Acusado de assédio, José Mayer virá assunto polêmico Foto: Reprodução

A polêmica envolvendo a acusação de assédio contra o ator José Mayer continua rendendo inúmeras discussões. Após o ator, assumir o ato a uma figurinista capixaba, o caso ganhou proporção nas redes sociais.

Homens, mulheres e atrizes que trabalham com Mayer,  se uniram a um protesto e demonstraram repúdio ao assédio sexual com a frase "Mexeu com uma, mexeu com todas", além do uso da hashtag #chegadeassédio!

A promotora de Justiça e Dirigente do Ministério Estadual, a doutora Cláudia Regina dos Santos, conta que a justiça determina como o assédio sexual, investidas com  palavras ofensivas em ambientes de trabalho. "Hierarquia e superioridade, são os principais fatores", disse.

Segundo informações da psicóloga Giselia Curry, o assédio pode ser considerado de acordo com a cultura do País, no geral, o ato tem caráter sexual ofensivo e hostil, principalmente quando não há consenso entre os envolvidos. 

Essa discussão é como um basta, já que o assédio sexual, infelizmente acontece com muito mais frequência do que o número de denúncias registradas.

>>Confira a entrevista