Número de mortos durante o feriado cai 60% nas rodovias federais no ES

Geral

Número de mortos durante o feriado cai 60% nas rodovias federais no ES

Mortes ocorreram em um único acidente, na noite de domingo. Segundo a PRF, também foi registrada queda no número de acidentes durante os quatro dias da Operação Semana Santa

Operação Semana Santa foi realizada entre a última quinta-feira e este domingo Foto: Divulgação

O número de acidentes e mortos registrados nas rodovias federais que cortam o Espírito Santo diminuiu no feriado deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), desde a última quinta-feira (13) até a noite deste domingo (16) - período em que foi realizada a Operação Semana Santa - ocorreram 36 acidentes. Foram contabilizadas duas mortes.

Segundo a PRF, em relação ao ano passado, o número de mortes registrou queda de 60%, ao passo que a quantidade de acidentes ficou 8% menor no comparativo com o mesmo feriado de 2016. Sobre as duas mortes registradas neste ano, elas aconteceram em um único acidente, ocorrido na noite de domingo.

Na ocasião, dois rapazes, de 21 e 18 anos, morreram depois que a moto em que eles estavam bateu de frente com uma caminhonete. A batida aconteceu por volta de 21h30 na BR 101, na localidade de Barra Seca, em Jaguaré, norte do Estado. 

Fiscalização

Ainda de acordo com a PRF, o resultado preliminar da Operação Semana Santa aponta que, nos quatro dias em que ela foi realizada, 3.175 veículos e 3.133 pessoas foram fiscalizadas nas rodovias federais que cortam o Espírito Santo. 

Ao todo, 1.138 condutores realizaram o teste do bafômetro, sendo que, desse total, 19 foram autuados por dirigir sob a influência de álcool e dois por embriaguez ao volante. Constatou-se ainda que 14 dessas autuações foram realizadas pela recusa em realizar o teste, hoje constituída como infração.

A PRF informou ainda que quase 2 mil pessoas foram autuadas por cometer infrações diversas no trânsito. Desse total, 833 foram flagradas dirigindo com excesso de velocidade e 322 cometendo ultrapassagens proibidas. Além disso, 73 condutores e 48 passageiros estavam sem cinto de segurança.

A PRF ainda atuou contra a criminalidade, detendo 20 pessoas, retirando de circulação diversos entorpecentes, 15 munições e recuperando seis veículos com restrição ou adulteração.