• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ônibus com mais de 100 passageiros pega fogo na Serra

Geral

Ônibus com mais de 100 passageiros pega fogo na Serra

Uma equipe do Corpo de Bombeiros chegou em poucos minutos e a primeira ação foi retirar a bateria do ônibus, que ainda estava funcionando e gerando energia

O Corpo de Bombeiros foi até o local para controlar as chamas  Foto: Reprodução/ TV Vitória

Um ônibus do sistema Transcol teve um princípio de incêndio, na tarde da última segunda-feira (10), na BR 101, no Bairro Valparaíso, no município da Serra. A suspeita é de que uma pane elétrica tenha causado o incêndio. Ninguém ficou ferido. 

O coletivo, que fazia a linha 591, saiu de Cariacica e encerraria a viagem na Serra. Aproximadamente 120 passageiros estavam no veículo, segundo o motorista. As chamas começaram na parte do meio do ônibus, onde fica o motor.

O motorista disse que olhou pelo retrovisor, viu a fumaça e decidiu parar. "A princípio, eu e o cobrador nos preocupamos em evacuar o ônibus. Abrimos as três portas, tiramos todos os passageiros para depois ver o que estava acontecendo. Depois que afastamos todo mundo do local, fomos ver a situação. Tentamos apagar com o extintor, mas deu deu. Então, paramos os colegas que passavam, pegamos mais extintores e tentamos controlar as chamas até a chegada dos bombeiros", disse Duiliam Armino, motorista do coletivo. 

Uma equipe do Corpo de Bombeiros chegou em poucos minutos e a primeira ação foi retirar a bateria do ônibus, que ainda estava funcionando e gerando energia. "Qualquer incêndio e acidente em veículo, a gente procura desligar a bateria, para assim cortar o que está sendo produzido e não correr o risco das chamas continuarem, caso seja algo relacionado a parte elétrica do veículo", informou o tenente Cunha, do Corpo de Bombeiros. 

O trânsito ficou interrompido na pista lateral sentido norte, provocando congestionamento. O motorista do coletivo e os bombeiros suspeitam que o incêndio tenha começado com uma pane elétrica, mas a confirmação vai depender de uma perícia. "Vai demandar a solicitação da empresa para o Corpo de Bombeiros para assim ser periciado, se for do interesse da empresa para respaldar em seguro, ou algo parecido", disse o tenente. 

Por meio de nota, a Companhia de Transportes Urbanos da Grande Vitória (Ceturb-GV) informou que toda a frota da empresa passa por manutenções e revisões periódicas, e que a vistoria dos ônibus do sistema Transcol, pela Ceturb, é feita a cada quatro meses. A empresa disse que a perícia só é acionada em caso de vítimas. 

>>Veja o vídeo<<