Autoridades do ES lamentam morte do jornalista Carlos Tourinho

Geral

Autoridades do ES lamentam morte do jornalista Carlos Tourinho

Entre os que postaram mensagens nas redes sociais, estão o governador Renato Casagrande (PSB) e deputados e senadores da bancada capixaba

Foto: Reprodução / Instagram

Autoridades do Espírito Santo lamentaram a morte do professor e jornalista Carlos Alberto Moreira Tourinho, de 57 anos, ocorrida no início da tarde deste domingo (31), na Praia da Costa, em Vila Velha. Entre os que postaram mensagens nas redes sociais, estão o governador Renato Casagrande (PSB) e deputados e senadores da bancada capixaba.

Casagrande afirmou que Tourinho deixa um legado de inovação no jornalismo, sobretudo na mídia televisiva e que ele ficará marcado como um dos grandes nomes da imprensa do Espírito Santo. "É com pesar que recebo a notícia da morte do jornalista Carlos Tourinho, ocorrida na tarde deste domingo (31), em Vila Velha. Ele nos deixa um legado de inovação no jornalismo, sobretudo na mídia televisiva. Tourinho ficará marcado como um dos grandes nomes da nossa imprensa. É uma perda imensa para seus familiares, amigos, colegas de jornalismo, alunos e também para nós, seus telespectadores, que acompanhamos sua trajetória. Neste momento de profunda consternação, envio minhas condolências, meu carinho e todo meu apoio", postou o governador.

Também deixaram mensagens de pesar os senadores Fabiano Contarato (Rede) e Marcos Do Val (PPS) - que trabalhou com o jornalista na TV Gazeta e na Record News ES - e os deputados Sergio Vidigal (PDT) e Ted Conti (PSB) - também ex-colega de Tourinho na Rede Gazeta.

Tourinho era professor do curso de jornalismo da Universidade de Vila Velha (UVV). Ele também era muito conhecido pelas publicações de vários livros e pela sua história na profissão.

Segundo informações do Centro Integrado Operacional de Defesa Social (CIODES), uma equipe foi acionada para atender a ocorrência de um afogamento. Contudo, ao chegarem no local, os militares constataram a morte do professor, que tomava banho no mar. No entanto, o serviço de Salvamar da Prefeitura de Vila Velha informou que o jornalista sofreu um mal súbito.

A perícia da Polícia Civil foi acionada e o corpo foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML), onde serão realizados exames para comprovar a causa da morte. O corpo de Tourinho já foi liberado por familiares e será sepultado nesta segunda-feira (01), às 12 horas, no cemitério Parque da Paz, em Ponta da Fruta, Vila Velha.

morte