• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Fui demitido, oba!!!

MULTIVERSO CORPORATIVO - QUERO TER

Geral

Fui demitido, oba!!!

"A demissão é uma oportunidade disfarçada de problema"

Foto: Divulgação

(*)Por Flávio Cavalcante
“Flávio, fui demitido”! Nos últimos 4 anos fui bombardeado por essa frase 2182 vezes (e contando). Eram amigos, discentes, colegas, conhecidos e familiares que haviam perdido suas posições de trabalho com a crise. Sempre digo a mesma coisa: que bom para você!

Estamos sempre reclamando de falta de tempo para rever nossos planos, da rotina, do estresse, de custo altos e desnecessários, e o desligamento ajuda a rever isso. Se seu objetivo é empreender, você tem três razões para comemorar: foco exclusivo no seu novo negócio, tempo para planejar e dinheiro da rescisão virando investimento... UHUULLLLL!!!!!

Confira o áudio do professor Flávio Cavalcante:

Foi demitido? Que bom para você!

Mas sempre há um luto, mesmo que o trabalho-defunto tenha sido péssimo. Assim criei um protocolo de desligamento para ajudar meus amigos e gostaria de dividir com todos vocês. Seguem os passos:

1) Entenda que é natural e acontece com todos. Lembre-se você não é o único. Calma!!! Não ache que o sol nasce no horizonte, somos nós que aparecemos para o sol, todos os dias. O desligamento é uma experiência importante e que você sairá mais forte dela, afinal aprenderá a ser mais criativo, deixará de ser teórico, saberá demitir uma pessoa com mais humanidade. Seja grato por isso - todas as experiências são validas. Mas entenda, a onda chegou e você nem viu, e as vezes é assim mesmo, mas macaco esperto salta do galho no galho e não no chão. Não acredite na falácia do macaco com asas... todos nós precisamos estar atentos aos cipós que estão ao nosso redor para em caso de emergência utilizar.

Foto: Divulgação

2) Coeficiente emocional é tudo. Escreva uma carta carinhosa para seus leitores de Linkedin e Facebook ressaltando as coisas boas, os resultados que você obteve no projeto, agradecendo os amigos conquistados, a oportunidade dada pela empresa, desejando sorte para a empresa e para colegas assim deixando a porta aberta. Assim sua rede ficará atenta a você estar no mercado e te verá como uma pessoa mais madura, e te reforçará sua marca. O contrário disso é fatal: textão descendo a lenha na empresa, nos colegas e no mercado...isso é Suicídio Corporativo.

3) Prepare o seu Curículo, mas com qualidade. Lembre-se dos passos da Trajetologia Científica: os diretores dão mais atenção aos dados pessoais, os gestores de pessoas aos dados de formação e os colaboradores na experiência. Lembre-se não coloque as tarefas que você fez, mas sim os resultados que alcançou. Evite redundâncias (email: [email protected] - todo mundo sabe que isso é um email), escrever que é brasileiro. Evite colocar pacote office (isso é obrigatório). Se tiver mais dúvidas me procura, te ajudo.

4) Aproveite os próximos 15 Dias para colocar as ideias em ordem. Avalie o motivo pelo qual você, especificamente foi desligado. Sugiro que busque respostas exógenas (crise, fim do projeto, demissões em massa), mas PRINCIPALMENTE endógenas (por que eu fui desligado e outras pessoas ficaram? O que elas fazem que eu não fiz e deveria fazer? Quais são meus pontos fracos?). É muito comum que as pessoas coloquem a culpa nos outros, mas lembrem-se o resultado depende de nós, ninguém assina a obra de nossas vidas a não ser você. Gire o PDCA na sua vida profissional e você verá o resultado.

5) Utilize esses 10 dias para avaliar sua carreira...para onde você quer ir? Fazer o que? De que forma? Ganhando quanto? Com qual dedicação? ... Afinal se você foi desligado, sorte a sua. Tem tempo para redirecionar sua carreira.

Se pergunte O QUE EU QUERO FAZER PELO RESTO DA MINHA VIDA? AQUILO QUE EU FARIA ATÉ DE GRAÇA? E verá que nunca mais você trabalhará e ganhará dinheiro como nunca ganhou antes!

6) Use esse tempo para fazer cortes financeiros, uma análise do que você realmente precisa e quer ter...sem penduricalhos. Afinal quando você conseguir a próxima vaga poderá manter custos baixos e fazer um pé-de-meia melhor, afinal nunca sabemos quando será o próximo desligamento.

7) Dedique esse tempo de recolocação a melhorar seu KNOW-WHO (network/netweaver) e estudar algo que te ajude a ficar em evidência no mercado: tirar uma certificação, estudar idioma, criar conteúdo diferenciado. Aproveite o tempo. Avalie sua saúde, volte a atividade física, descanse, não tenha remorso.

Você não escolheu ser desligado, não precisa se punir. Não acreditem no Homo-Economicus mas sim no Homo-Cúbicus. Afinal você não vale o que produz, mas sim o quão torna mais feliz a humanidade! Pois conheço pessoas que vivem sem emprego, mas não conheço empresas que vivam sem pessoas!

8) Invista na sua Marca.Pense na Terceira Jornada, você pode ofertar as pessoas e criar uma renda extra, conhecimentos que lhe serão úteis, assim as empresas além de contratarem um profissional top, irão associar suas marcas a um multiplicador de conhecimento. Escolha as empresas que você gostaria de trabalhar: a função, o segmento e a empresa. Exemplo: Gestor Comercial no Segmento de Telefonia em empresas internacionais. Assim temos alvos mais palpáveis para distribuir o seu currículo.

9) Tranquilidade...sei que as contas continuam chegando, mas calma. Não é qualquer vaga, de qualquer jeito... pois se for dessa maneira, logo você estará novamente sendo desligado da próxima empresa, ok?

Confira como o professor Flávio Cavalcante analisa o tema:

*Flávio Cavalcante é professor, palestrante e autor de obras sobre carreira, mercado de trabalho e planejamento estratégico pessoal.