• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após morte de gerente da Caixa, Sindicato dos Bancários no ES diz que vai pedir o fechamento de agências

CORONAVÍRUS

Geral

Após morte de gerente da Caixa, Sindicato dos Bancários no ES diz que vai pedir o fechamento de agências

Marcos Antônio Vieira, de 36 anos, atuava na agência de São Mateus, no Norte do Estado e morreu no sábado (4) devido a covid-19

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Após a confirmação da morte do bancário Marcos Antônio Vieira dos Santos Filho, de 36 anos, vítima de coronavírus em São Mateus, no sábado (4), o sindicato da categoria no Espírito Santo diz que vai pedir o fechamento das agências, para evitar novos contágios.

Segundo o Sindibancários-ES, Marquinhos, como era conhecido, era gerente da agência da Caixa em São Mateus, o Norte do Estado. Ele estava internado em UTI há vários dias, mas não resistiu à covid-19. De acordo com uma nota de pesar, divulgada por colegas, quando começou a sentir os sintomas da doença, Marcos estava no exercício profissional.

Para o diretor do Sindicato dos Bancários do Estado, Carlos Pereira de Araújo (Carlão), o decreto do Governo capixaba não evita que os bancários continuem expostos ao contágio da covid-19. “Hoje a categoria está correndo risco de morte. A Organização Mundial de Saúde indica o isolamento social como única medida que pode reduzir o contágio do coronavírus. Não há outra solução", disse.

Em nota, o sindicato reafirmou que vai pedir com urgência o fechamento das agências bancárias, departamentos e financeiras, para não ter de lamentar outros óbitos na categoria. "A proteção à vida tem que estar em primeiro lugar. Não podemos aceitar que os bancários continuem indo às agências e sejam obrigados a cumprir metas de venda de produtos colocando em risco sua saúde. A vida vale mais que o lucro", diz a nota publicada pela categoria.