• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Hackers invadem sistema da EDP e exigem resgate de 10 milhões de euros

Geral

Hackers invadem sistema da EDP e exigem resgate de 10 milhões de euros

Segundo informações publicadas pelo site português JN, caso o valor não seja pago, os invasores ameaçam expor informações confidenciais da empresa

Foto: Divulgação/EDP
Grupo EDP possui negócios no ES, onde é responsável pelo abastecimento de 70 municípios

O Grupo EDP, que possui negócios no Espírito Santo, onde é responsável pelo abastecimento de energia elétrica em 70 municípios, foi alvo de um ataque informático à sua rede corporativa global nesta segunda-feira (13). De acordo com a empresa, que atua em 19 países, os efeitos também foram sentidos na EDP Brasil. 

A EDP garantiu ainda que os principais sistemas operacionais, que asseguram o suprimento de energia com qualidade, não foram afetados. Entretanto, admitiu que foram registradas algumas restrições ao funcionamento normal de sistemas corporativos. 

A empresa informou que, para conter os efeitos do ataque, foram prontamente aplicadas medidas de prevenção e proteção dos sistemas que dão suporte às operações da empresa, para que fossem rapidamente restabelecidos. Segundo a EDP, a reação do grupo diante do ataque está sendo articulada com as autoridades competentes.

Foto: Reprodução

No site da EDP Brasil, algumas consultas, como segunda via da fatura, por exemplo, estão temporariamente indisponíveis. Ao tentar fazer a consulta, o usuário se depara com uma mensagem, informando que o site está em manutenção e que os serviços estão indisponíveis no momento.

Resgate de 100 milhões de euros

O site português JN informou que os invasores exigiram da EDP, cuja matriz é em Portugal, um resgate de quase 10 milhões de euros (R$ 56,7 milhões). De acordo com o jornal, caso o valor não seja pago, os hackers ameaçam tornar públicos ou entregar a concorrentes da empresa cerca de 10 terabytes de informações confidenciais, que foram roubadas durante o ataque.

Ainda de acordo com informações do JN, depois de ter conseguido acessar o sistema interno da EDP e chegar a um dos servidores do grupo, os invasores publicaram na chamada "dark net" — parte da Internet inacessível à maioria dos usuários e onde o anonimato é sempre garantido — um pedido de resgate.

O valor exigido, segundo o jornal, foi de 1.580 bitcoins, moeda virtual cuja cotação atual está em torno de 6.250 euros (R$ 35,4 mil) cada unidade. Feitas as contas, o valor é equivalente a aproximadamente 9,8 milhões de euros.