"Minha filha morreu no sábado, mas a gente vai morrendo um pouco todos os dias", diz pai de jovem morta em acidente

Geral

"Minha filha morreu no sábado, mas a gente vai morrendo um pouco todos os dias", diz pai de jovem morta em acidente

Amanda Marques Pinto estava na garupa da moto do namorado, quando eles foram atingidos por um veículo na rodovia Darly Santos

Foto: TV Vitória

O pai de Amanda Marques Pinto, Maxwel Teixeira, falou sobre a perda da filha durante o programa Fala ES da TV Vitória/Record TV, na tarde desta segunda-feira (19). 

A jovem, de 20 anos, morreu em um acidente de trânsito na rodovia Darly Santos, em Vila Velha, na noite do último sábado (17). Ela e o namorado, Matheus José Silva, de 23 anos, estavam em uma motocicleta, que foi atingida por um carro. O veículo era conduzido por Wagner Nunes de Paulo, de 28 anos.

"Minha filha morreu no sábado, mas a gente vai morrendo um pouco todos os dias. A gente sofre por perder e precisar ficar correndo atrás de justiça", desabafou o pai. 

O pai contou que a filha era muito próxima dele, e que por trabalharem juntos em uma loja, o convívio era diário.  

Maxwel quer que Wagner seja responsabilizado pelo acidente. "Nada do que a gente fizer vai trazê-la de volta, mas queremos que outros pais não passem por isso. Acreditamos na justiça e sabemos que não passará impune", disse.

Foto: Reprodução

O acidente

O acidente, na noite do último sábado, causou a morte da jovem de 20 anos e deixou o namorado dela ferido. Eles estavam em uma moto XRE 300, que foi atingida pelo carro conduzido por Wagner. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi conduzido ao Centro de Triagem de Viana, onde permanece detido.

Leia também:  Jovem morre e namorado fica ferido após grave acidente em Vila Velha; motorista foi preso

Vídeo mostra momento em que motorista é detido após acidente que matou jovem em Vila Velha

Segundo informações da Polícia Militar, a motocicleta estava na pista da direita. O veículo conduzido por Wagner seguia pela mesma pista e bateu na traseira da moto. Testemunhas afirmam que o carro estava em alta velocidade.

Amanda estava na garupa e morreu na hora. O namorado foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência, em Vitória. De acordo com familiares, Matheus está confuso e segue internado.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o motorista se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi encaminhado à 2ª Delegacia Regional de Vila Velha. O suspeito de cometer o acidente foi autuado em flagrante por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, na direção de veículo automotor, previsto no art 302 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

O que diz a defesa

O advogado Ramon Coelho Almeida, que representa o motorista Wagner Nunes de Paulo, disse que foi feita uma reunião com a família dele, e que eles não vão se manifestar publicamente sobre o acidente.

"A família está muito abalada pelo ocorrido. Todas as manifestações serão feitas de forma judicial, agindo conforme o código penal", esclareceu Ramon.

No domingo (18), um dia após o acidente, o advogado chegou a falar que o acidente foi uma fatalidade e disse que vai entrar com um pedido para que o motorista responda em liberdade.

"Entendemos que foi uma fatalidade. Ele ficou perplexo em relação ao acidente porque isso nunca tinha acontecido com ele. Ele se negou a fazer o teste do bafômetro porque estava em choque. Não foi oportunizado que ele realizasse o exame na delegacia. Nós também entendemos de que se trata de um crime culposo e não cabe prisão preventiva", relatou o advogado.

Outro acidente

Em março de 2020, também em Vila Velha, a estudante de fisioterapia, Ramona Bergamini Tolego, 20 anos, foi vítima após um carro em alta velocidade colidir contra a moto que ela pilotava. A mãe dela, Kelly Toledo, conversou também com a equipe da TV Vitória/Record TV

"A gente não pode perder a esperança na justiça. É lenta, mas uma hora ou outra ela será feita. Eu sei exatamente o que a família está passando. É sofrido, mas a gente não pode perder a esperança", reforçou.