Pacientes vão fazer exame de covid-19 nas consultas; resultado sairá em até 20 minutos

Geral

Pacientes vão fazer exame de covid-19 nas consultas; resultado sairá em até 20 minutos

Coleta é feita no nariz, por meio de uma haste, igual ao teste PCR

Marcelo Pereira

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) vai mudar os protocolos de atendimento na rede pública para agilizar testagem em massa para covid-19. A intenção é identificar o mais rápido possível e promover o isolamento de indivíduos suspeitos e de seus contatos próximos. 

>> ES vai realizar teste rápido preciso para covid-19 com resultado em 30 minutos

A decisão foi anunciada pelo secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, durante coletiva virtual na tarde desta segunda-feira (05). 

"Já distribuímos 120 mil testes de antígenos. Nas últimas três semanas, 40 mil testes foram registrados. Esta semana distribuiremos 190 mil testes. Ao longo do mês de abril queremos um momento de testagem ampla e em massa. Todo e qualquer paciente, após atualização de nota técnica, deverá realizar o teste no momento da consulta, sem aguardar a janela para o PCR", afirmou o secretário.

O resultado do teste é mais rápido e fica pronto de 15 a 20 minutos. A coleta é feita na área nasal, por meio de uma haste, igual ao teste PCR. O processamento que é diferente. Enquanto o material é processado no Laboratório Central (Lacen) ou laboratório conveniado, o do antígeno é feito na própria unidade de saúde, em dispositivos específicos.

O secretário explicou que o paciente será testado na consulta e caso o antígeno dê positivo, será feito testagem nos contatos próximos do paciente e será recomendado isolamento. 

"Caso dê negativo no momento da consulta, terá a indicação de preservar o isolamento e fazer o teste RT-PCR na janela de três a oito dias. Deste modo entendemos que podemos avançar na testagem dos pacientes assintomáticos, obtendo um diagnóstico mais oportuno". 

Rede nos municípios

Nésio lembrou também da participação dos municípios. Segundo o secretário, 80% dos pacientes com covid são pacientes com sintomas leves e que devem ser atendidos, monitorados e medicados pela atenção primária, presente nas redes das prefeituras. 

"Eles não devem procurar os serviços de pronto-atendimento, os PAs,  se desenvolvem sintomas leves", diferencia. 

Por isso, o secretário pede que os municípios adotem a testagem com antígeno. "Estamos recomendando aos municípios que adotem a testagem de antígenos em toda a atenção básica do nosso Estado. O município que não quiser implementar será por opção do mesmo", afirmou, ao dizer que há testes à disposição de todas as cidades. 

Hospital Materno-Infantil da Serra e 30 leitos de UTI no Jayme Santos Neves

Nesta quarta-feira, iremos dar início às atividades do Hospital Materno Infantil de Serra. Amanhã à noite, faremos visitas a esta unidade com o governador, que passará a contar com leitos de enfermaria disponíveis para tratamento de pacientes com covid-19. A abertura de leitos de enfermaria neste hospital permitirá que o hospital Jayme dos Santos Neves abra mais 30 leitos de UTI dentro da unidade principal do Jayme. Considerando que o Materno-Infantil será tratado como um anexo, uma unidade complementar ao Hospital Jayme, formando um complexo hospitalar no município de Serra.

Expansão de leitos

Esta semana estaremos expandindo leitos em todas as regiões do Espírito Santo. Publicamos uma portaria para que os municípios possam solicitar habilitação de leitos por meio de financiamento estadual. Estamos estimulando que os municípios tenham mais protagonismo. Em nota técnica encaminhada, foi orientado que todos os municípios com mais de 60 mil habitantes abrissem pelo menos 30 leitos de enfermaria junto a unidades de pronto atendimento com 15 leitos masculinos e 15 leitos femininos para reforçar a capacidade do atendimento pré-hospitalar. 

Leia também

Covid-19: após 18 dias de decreto, número de casos aumenta e internações diminuem no ES

Cerca de 9 mil comércios foram fiscalizados e mais de 7 mil punidos desde o início do novo decreto no ES

ES registra novo recorde com 95 mortes por covid-19 e 2.284 novos casos em 24 horas

Secretário da Saúde anuncia aumento na testagem e pede leis que obriguem uso de máscaras