VÍDEO | Técnico de enfermagem que aplicou 'vacina de vento' em idosa em Vitória é afastado

Geral

VÍDEO | Técnico de enfermagem que aplicou 'vacina de vento' em idosa em Vitória é afastado

A neta da idosa registrou o momento em que o técnico de enfermagem insere a agulha, mas não injeta o líquido. Enfermeira chefe alegou que o profissional estava nervoso.

O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (21) no posto de saúde de Santo André, na região da Grande São Pedro, em Vitória. O momento da vacinação contra a covid-19 foi filmada pela neta da idosa de 71 anos e mostra quando o técnico de enfermagem insere a agulha no braço dela, mas não injeta o líquido. Ele finaliza o procedimento como se tivesse vacinado.

De acordo com o filho da idosa, a ação foi percebida na hora e a enfermeira chefe foi questionada sobre a situação. Ela explicou que o técnico de enfermagem estava nervoso no momento da aplicação.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde de Vitória (Semus) informou que tomou conhecimento da situação e providenciou a efetivação da vacinação para a idosa, além de afastar o profissional do seu posto de trabalho. Ainda segundo a secretaria, o afastamento é preventivo e visa a abertura de procedimento administrativo para apuração dos fatos.

A Semus afirmou que repudia veementemente a conduta e preza pela atenção e profissionalismo dos servidores atuantes nos serviços de saúde, sobretudo profissionais que fazem parte da campanha de vacinação contra a covid-19.

No Espírito Santo, os aplicadores da chamada "vacina de vento" estão sujeitos à multa de até 29 mil reais. A penalidade está prevista em uma lei já em vigor.

O filho da idosa informou que registrou o boletim de ocorrência e está muito triste com toda a situação. A Polícia Civil informou, nesta quarta-feira (21) que o boletim foi registrado por meio digital e ainda será analisado. Informou ainda que não conseguiu apurar informações sobre o caso, pois não há expediente nos cartórios das delegacias durante feriados.

A equipe de jornalismo da Rede Vitória tentou localizar o servidor para ouvir a versão dele, mas ainda não conseguiu contato. Caso ele queira se posicionar, atualizaremos a reportagem.

*Com informações do jornalismo da TV Vitória/Record TV.