Leite materno ajuda a prevenir diabetes, hipertensão, obesidade e doenças alérgicas na vida adulta

Geral

Leite materno ajuda a prevenir diabetes, hipertensão, obesidade e doenças alérgicas na vida adulta

O leite materno previne doenças na vida adulta e aumenta imunidade do bebê Foto: TV Vitória

A amamentação é fundamental para o desenvolvimento do bebê e também é o principal responsável pela prevenção da hipertensão, diabetes, obesidade e doenças alérgicas na vida adulta. 

Segundo a médica pediatra Tânia Perini, o aleitamento materno é um “investimento” para a vida adulta desses bebês e torna a criança mais saudável. “O desenvolvimento infantil passa pela necessidade do aleitamento materno. Além de desenvolver toda a parte neurológica, neuromotora e imunitária que a gente sabe que o aleitamento materno fornece, também na vida adulta, nós temos investimentos. Está provado cientificamente que o aleitamento materno previne hipertensão, diabetes, obesidade e doenças alérgicas, como asma, rinite e dermatite atópica”, afirmou. 

Quando a criança é amamentada com o leite materno, ela passa a ser ainda mais saudável. “Essas crianças passam a ser mais saudáveis, com menos doenças e infecções. Isso acontece porque imunologicamente ela vai estar mais preparada para se defender desses problemas comuns na infância’, disse.  

Além de prevenir doenças e deixar a criança ainda mais imune, o aleitamento materno muda de fases e se adéqua a cada fase da criança. “Falamos que o aleitamento materno é um alimento vivo e dinâmico, porque ele muda a cada necessidade. Tem o leito do prematuro, tem o leito do bebê atermo e tem o leite da criança maior, e, em casa fase, o leite muda. Podemos dizer que ele é vivo porque, além de fornecer anticorpos prontos da mãe para a criança, fornece também nutrientes que vão ajudar o próprio bebê a desenvolver seus próprios anticorpos”, ressaltou. 

A cada dia se descobre mais novidades sobre o aleitamento materno, inclusive, cardiologistas já culpam pediatras que não orientaram as mães a dar o leite materno. “Houve um congresso onde a pediatria foi convidada a participar. Foi imputada a pediatria uma parcela importante da responsabilidade pelos problemas cardíacos dos adultos, pois uma placa de colesterol em uma coronária começa a se formar vinte anos antes dessa placa se romper e causar o infarto. Essa placa começa a se formar na infância e o leite materno tem papel fundamental nessa prevenção”, declarou. 

Muitas mães não amamentam os filhos porque não conseguem e a pediatra fala sobre a importância das doações das amas de leite para os bancos. “Bebês prematuros precisam dessas doações. Às vezes, quando as mães ganham um bebê prematuro, elas precisam ir embora e deixar a criança no hospital e a ajuda das amas de leite é fundamental. Essas crianças prematuras precisam principalmente do efeito imunológico do leite materno. Por serem prematuras, a imunidade é muito baixa”, finalizou.  

Veja as dicas sobre cada bombinha para retirada do leite:

Bombinha manual 

Você aciona uma alavanca, em um dos seios, para tirar o leite. Algumas permitem que você use uma mão só, mas outras exigem o uso das duas mãos.

Vantagens: é barata, simples e fácil de carregar. Você é quem controla a força da sucção. Não exige tomada ou pilha. É silenciosa (para quem tem coordenação motora suficiente, dá para tirar o leite de um peito enquanto o bebê mama no outro). 

Desvantagens: Demora mais para tirar o leite. Algumas mulheres não conseguem pegar o jeito. 

Bombinha elétrica ou a pilha simples, de um lado só

A bombinha simples elétrica ou a pilha é bem parecida com a manual, mas elimina a necessidade de acionar a alavanca. Pode ser útil para quem teve problema de dor nas mãos na gravidez e ainda não se recuperou.

Vantagens: É leve, fácil de carregar e mais barata que as elétricas profissionais. Não cansa as mãos. 

Desvantagens: A rapidez para tirar o leite é comparável a das bombinhas manuais. A elétrica exige a presença de uma tomada, e a movida à pilha exige trocas frequentes. Embora mais barata que as bombinhas duplas ou profissionais elétricas, é mais cara que a manual. A sucção não é controlada pela mãe, embora haja alguns modelos com diferentes níveis.

TV Vitória Solidária lança campanha para aumentar doação de leite materno 

Uma média de 20 litros de leite materno por dia é doada Foto: TV Vitória

O Dia Mundial de Doação de Leite Materno foi comemorado na última segunda-feira (19), mas todos os dias os bancos de leite necessitam ser abastecidos. Pensando nas diversas crianças que necessitam desse leite, muitas vezes para sobreviver, a TV Vitória Solidária lançou a campanha de doação de leite materno. 

Programas especiais para bebês 

Em Vitória, os bebês cujas mães não podem amamentar recebem cuidados especiais de dois programas municipais: o Fórmulas Especiais na Primeira Infância (Promafe) e o de Atendimento a Crianças Impossibilitadas de Aleitamento Materno (Prociam). De acordo com a Secretaria de Saúde (Semus) da Capital, responsável pelo desenvolvimento das iniciativas, os programas atendem crianças em fase de aleitamento materno que estão impossibilitadas, por qualquer motivo, de serem amamentadas.

Cerca de 20 litros de leite materno são doados por dia

Uma média de 20 litros de leite materno por dia é doada às mães que não conseguem amamentar e procuram ajuda no Hospital da Polícia Militar (HPM), localizado no bairro Bento Ferreira, em Vitória. Além das mulheres militares ou dependentes, o hospital atende todas as mães que têm dúvidas para amamentar o bebê.

Bancos de Leite materno precisam de doações

A doação do leite materno é de extrema importância, principalmente para os bebês que estão na UTI NeoNatal. Muitos dos que ficam nesse setor pesam menos de 1 kg e só se alimentam por meio de sonda. A doação do leite faz com que as chances de sobrevivência deles aumentem cerca de 80%. Porém, na Semana Mundial do Aleitamento Materno, as geladeiras e os freezers do estoque do Banco de Leite do Hospital das Clínicas de Vitória não têm o que comemorar. A quantidade que o banco possui atualmente é apenas suficiente para duas semanas

Saiba onde doar:

Banco de Leite da Santa Casa de Misericórdia de Vitória
Endereço: Rua Dr. Jones Santos Neves, 143, Vila Rubim, Vitória - ES
Telefone: (27) 3322.0074 / (27) 3212.7200
E-mail: [email protected]

Banco de Leite do Hospital da Polícia Militar
Endereço: Rua Joubert de Barros, 555, Bento Ferreira, Vitória - ES
Telefone: (27) 3636-6568
E-mail: [email protected]

Banco de Leite do Hospital Dr. Dório Silva
Endereço: Avenida Eudes Scherrer s/nº, Laranjeiras, Serra - ES
Telefone: (27) 3138.8905 - (27) 3328.3611
E-mail: [email protected]

Banco de Leite do Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim
Endereço: R Manoel Braga Machado nº 9, 2º andar, Ferroviários, Cachoeiro de Itapemirim - ES
Telefone: (28) 3521.7045 / (28) 3526.6166 ramal 199

Banco de Leite do Hospital Universitário Cassiano Antônio de Moraes - HUCAM
Endereço: Av. Marechal Campos, Maruipe, Vitória - ES
Telefone: (27) 3335.7377
E-mail: [email protected]

Banco de Leite do Hospital Infantil de Vila Velha
Endereço: Av. Ministro Salgado Filho, 918, Soteco, Vila Velha - ES
Telefone: (27) 3380.9493

Banco de Leite do Hospital São José
Endereço: Colatina - ES
Telefone: (27) 3722.4977