Funcionário da ONU pede extensão de cessar-fogo no Iêmen

Geral

Funcionário da ONU pede extensão de cessar-fogo no Iêmen

Redação Folha Vitória

Riad - O enviado da Organização das Nações Unidas (ONU) ao Iêmen pediu a extensão de um cessar-fogo de cinco dias entre a coalizão militar comandada pela Arábia Saudita e os rebeldes xiitas no Iêmen, à media que a trégua se aproximava de suas horas finais.

O enviado, Ismail Ould Cheikh Ahmed, pediu uma extensão de pelo menos mais cinco dias, durante uma conferência patrocinada pelo Concelho de Cooperação do Golfo, em Riad, neste domingo. Ele instou todas as partes envolvidas no Iêmen a participarem das negociações políticas para encerrar o confronto.

Mas os militantes Houthi, apoiados pelo Irã, contra os quais a Arábia Saudita tem travado uma ofensiva aérea há sete semanas, não participaram da conferência. A ausência deles sinaliza que é improvável que o diálogo nacional acabe com a violência.

A Arábia Saudita e os Houthis concordaram com o cessar-fogo que teve início na terça-feira, marcando a primeira trégua desde que os confrontos começaram. A trégua estava prevista para terminar neste domingo, às 23h (horário de Sana). Fonte: Dow Jones Newswires.