Funcionários da CPTM desistem de greve prevista para esta 4ª

Geral

Funcionários da CPTM desistem de greve prevista para esta 4ª

Redação Folha Vitória

São Paulo - Os funcionários da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) decidiram em assembleia na noite desta terça-feira, 26, adiar a greve que estava prevista para esta quarta-feira, 27. Uma nova audiência de conciliação está prevista para o dia 2 de junho no Tribunal Regional de Trabalho da 2ª Região (TRT).

"Os quatro sindicatos (que representam os funcionários da CPTM), em conversa, chegaram ao consenso de adiar a greve. Vamos tentar mais uma oportunidade de negociação junto ao TRT", afirmou o presidente do Sindicato dos Ferroviários de São Paulo, Eluiz Alvez de Mato. Após a audiência, os sindicatos farão uma nova assembleia para decidir se paralisam as atividades no dia seguinte.

Em audiência no TRT-2 na manhã desta terça-feira, foi apresentada nova proposta de reajuste pela CPTM, de 7,72% (reajuste mais 1% de aumento real), valor inferior ao sugerido pelo tribunal na reunião da segunda-feira - 8,25%. Os ferroviários pedem 7,89% de reajuste mais 10% de aumento real.