Primeiro-ministro da Índia diz que fez progressos em visita à China

Geral

Primeiro-ministro da Índia diz que fez progressos em visita à China

Redação Folha Vitória

Pequim - Em sua primeira visita à China como primeiro-ministro da Índia, Nerendra Modi disse nesta sexta-feira que dois dias de conversações com os líderes chineses renderam

progressos em questões espinhosas, que vão desde o desequilíbrio comercial até disputas de fronteiras.

Após uma reunião com o primeiro-ministro da China, Li Keqiang, em Pequim, Modi disse a jornalistas que avançou em seu objetivo de estabelecer uma nova direção nas relações entre os dois gigantes da Ásia. "Nossas conversas foram francas, construtivas e amigáveis", afirmou.

Modi contou também que pediu à China que reconsiderasse sua posição em algumas das questões que, para ele, impedem os dois países de colocarem em prática todo o potencial de parceria. A visita de Modi, que ocorre menos de um ano desde que tomou posse, destaca o fortalecimento dos laços entre as nações mais populosas do mundo.

Ele declarou que os líderes chineses foram sensíveis às suas preocupações indianas sobre o crescente déficit comercial com a China, que no ano passado atingiu US$ 48 bilhões. Como uma solução parcial, as partes concordaram em criar um órgão de alto nível dedicado à expansão das relações econômicas, em especial nas áreas de infraestrutura, tecnologia de informação, produtos farmacêuticos, agricultura e manufatura.

Sobre as disputas de fronteiras, Modi disse que o "forte compromisso em manter a paz e a tranquilidade foi reiterado". Fonte: Associated Press.