• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Circulação de ônibus na GV deve ser regularizada ainda nesta quarta-feira

Geral

Circulação de ônibus na GV deve ser regularizada ainda nesta quarta-feira

A greve dos rodoviários teve início na manhã desta quarta. Apenas 70% da frota dos coletivos circulou no horário de pico, e 40% nos demais horários, segundo o Sindicato dos Rodoviários

O principal ponto questionado pelo sindicato é a falta de segurança Foto: Divulgação

A partir das 17 horas desta quarta-feira (4) um maior número de ônibus que operam no Sistema Transcol deve voltar a circular na Grande Vitória. A expectativa é de que até o início da manhã de quinta-feira (5) a frota esteja 100% nas ruas. Foi o que informou a assessoria do Sindicato dos Rodoviários do Espírito Santo.

A decisão do fim da greve foi tomada durante uma reunião entre representantes do Sindirodoviários, da GVBus e da Ceturb, mediada pelo Ministério Público do Trabalho do Estado (MPT-ES), na manhã desta quarta-feira.

Até o meio dia, a audiência de mediação não havia sido encerrada pois os representantes ainda discutiam alguns pedidos dos rodoviários. O principal ponto questionado pelo sindicato é a falta de segurança nos coletivos. 

Na última terça-feira (03), o secretário estadual de Segurança, André Garcia, reconheceu a insegurança dentro dos coletivos, mas informou que muitas medidas já estão sendo adotadas. "Nós vamos colocar um policiamento a pé, nos dez terminais integrados, até as 21 horas. Depois vamos alternar isso com o policiamento ostensivo motorizado, com viaturas e motos. Também estamos intensificando as ações de investigação com a Polícia Civil e mantendo um trabalho integrado com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) naquelas linhas que passam pelas rodovias federais, especialmente a Rodovia do Contorno, na Serra. Todo o trabalho que está sendo feito não é de agora, mas nós vamos aumentar as ações para atender essa demanda específica", destacou o secretário. 

Em nota, o Sindirodoviários informou que os motoristas não terão o ponto cortado em virtude da greve. Informou ainda que entre as medidas acatadas estão a realização de policiamento ostensivo a pé nos 10 terminais da Grande Vitória, incremento de abordagens policiais em ônibus com maior incidência de crimes contra o patrimônio, integração com o policiamento ostensivo da PRF em trechos sujeitos a sua articulação, realização de reuniões mensais entre os atores de segurança e o Sindirodoviários, intensificação das ações da polícia judiciária da Delegacia de Roubo a Carga de forma integrada com o policiamento ostensivo da PRF e da PM, instalação de dois postos de fiscalização do Batalhão de Polícia de Trânsitoda PM-ES nos terminais de Laranjeiras, Serra, Campo Grande e Cariacica.

A greve teve início na manhã desta quarta-feira. Apenas 70% da frota circulou no horário de pico e 40% nos demais horários. Por conta disso, capixabas enfrentaram filas nos terminais