• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Declaração de óbito de irmãos mortos em Linhares aponta causa da morte 'indeterminada'

Morte irmãos carbonizados

Geral

Declaração de óbito de irmãos mortos em Linhares aponta causa da morte 'indeterminada'

Os irmãos Kauã e Joaquim foram sepultados no cemitério São José, localizado no bairro Interlagos, em Linhares

Quase 20 dias após a morte, os irmãos Joaquim Alves Sales, 3 anos, e Kauã Sales Butkovsky, 6 anos, foram sepultados em Linhares, Norte do Espírito Santo. Na declaração de óbito das crianças, a causa da morte foi apontada como indeterminada.

De acordo com médicos especialistas neste tipo de ocorrência, apontar a causa de morte como indeterminada é comum e acontece na maioria das vezes quando a pessoa tem o corpo carbonizado. O fato ocorre porque há dificuldade do trabalho de necropsia para os médicos legistas identificarem a causa da morte.

No caso das crianças, é muito difícil que o trabalho dos médicos legistas apontem se elas foram mortas por causa da fumaça inalada no momento do incêndio ou se elas foram agredidas ou não, por exemplo, antes de morrer.

O enterro

Por volta das 09h desta quinta-feira (10), os irmãos foram sepultados no cemitério São José, localizado no bairro Interlagos, em Linhares. A pastora Juliana Salles, mãe dos irmãos, chegou ao local por volta de 08h55 em um veículo preto, acompanhada de amigos.

Durante o sepultamento, que durou aproximadamente cinco minutos, Juliana se emocionou e gritou grande parte do enterro. A pastora chamava pelos filhos e chorou muito durante todo o tempo que ficou próximo ao túmulo. Ao fim, a pastora teve que sair amparada por familiares e amigos do local.

A todo o momento, viaturas da Polícia Militar acompanharam a movimentação no cemitério. O pedido de escolta foi feito pela mãe dos irmãos, Juliana Salles, e atendido pela PMES. Familiares, amigos e membros de uma igreja também acompanharam o sepultamento.