• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Macri pede que peronistas não se oponham a tarifas mais altas em alguns serviços

Geral

Macri pede que peronistas não se oponham a tarifas mais altas em alguns serviços

O presidente da Argentina, Maurício Macri, pediu nesta segunda-feira aos opositores para que não se deixem influenciar pelas "loucuras" da ex-presidente Cristina Kirchner e se abstenham de aprovar uma lei que impede a subia das tarifas de serviços aplicada por seu governo. Em uma mensagem dirigida à população, Macri pediu aos governadores peronistas de várias províncias que peçam aos legisladores no Senado que não aprovem uma norma que retiraria impostos de gás e luz aprovados em novembro de 2017.

"Eu os peço que demonstrem que existe um peronismo responsável e confiável, que não se deixa conduzir pelas loucuras que impulsionam Cristina Kirchner", disse Macri. A ex-presidente ocupa uma cadeira no Senado pelo grupo de centro-esquerda Unidad Ciudadana, fundado em 2017, mas segue exercendo sua influência em setores peronistas e é uma das maiores opositoras do atual governo.

Em seu perfil do Twitter, Cristina Kirchner comentou, minutos após a declaração de Macri, que "tratar de louca uma mulher é tipo de um machista". A senadora tem encabeçado iniciativas legislativas para declarar a "emergência tarifária de luz, água e gás" em todo o país como uma "renegociação de todos os contratos negociados com empresas prestadoras de serviços". Fonte: Associated Press.