• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mãe de irmãos mortos carbonizados presta depoimento em Delegacia de Linhares

Morte irmãos carbonizados

Geral

Mãe de irmãos mortos carbonizados presta depoimento em Delegacia de Linhares

Juliana chegou na Delegacia Regional de Linhares na manhã desta quinta-feira

Foto: Imagens cedidas pelo site Norte Notícia

A pastora Juliana Salles, mãe dos irmãos Joaquim Alves Sales, de 3 anos, e Kauan Sales Burkovsky, de 6, mortos em um incêndio no município de Linhares, prestou depoimento na 16ª Delegacia Regional de Linhares na manhã desta quinta-feira (3).  Por volta de 11h40, ela deixou a delegacia em uma viatura descaracterizada, sem falar com a imprensa. 

Juliana é esposa do pastor Georgeval Alves, preso no último sábado (28), após uma 3ª perícia na casa onde incêndio aconteceu. Os peritos utilizaram um produto chamado 'luminol', que permite encontrar manchas invisíveis a olho nu e detecta marcas de sangue e outros vestígios, mesmo depois do incêndio e de local ter sido limpo.

Nesta quarta-feira (02), o carro que o pastor George Alves utilizava passou por perícia. (veja o vídeo abaixo)

Crédito: Imagens cedidas pelo site Norte Notícia

Perícia

Uma nova perícia foi realizada na tarde desta quarta-feira (02) na casa onde os irmãos Joaquim Alves Sales, de 3 anos, e Kauã Sales Burkovsky, de 6, morreram carbonizados, em Linhares, no norte do Estado. Essa foi a quinta etapa do trabalho dos peritos na residência em 11 dias.

Durante a perícia, foi coletado material genético dentro do quarto onde os dois irmãos morreram na madrugada do último dia 21. A coleta desse material é necessária para esclarecer etapa por etapa o que aconteceu antes e durante o incêndio na casa.

Grupo de advogados vai defender pastor

Um grupo de cinco advogados de Minas Gerais e do Espírito Santo se voluntariou para defender o pastor George Alves, pai e padrasto dos irmãos Joaquim Alves Sales, de 3 anos, e Kauã Sales Burkovsky, de 6, mortos em um incêndio no último dia 21, em Linhares, norte do Estado. George, de 36 anos, está preso no Complexo Penitenciário de Viana desde o último sábado (28).

Um dos advogados responsáveis pela defesa é Rodrigo Duarte, que também é pastor e vice-presidente da Igreja Batista Ministério Vida e Paz, onde George ministra cultos. À reportagem da TV Vitória/Record TV, os advogados disseram que ainda não tiveram acesso ao inquérito policial sobre o caso.

Prisão preventiva

A Justiça decretou a prisão preventiva de George Alves, por 30 dias, para evitar que ele atrapalhe o andamento das investigações. Para especialistas, a prisão temporária de 30 dias sugere que a policia trabalha com a possibilidade de uma morte criminosa e que o pastor está sob suspeita.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Inspetores do Sistema Penitenciário do Estado, Sóstenes Araújo, George está em uma cela isolada no presídio de Viana.