Ponto de manifestação de caminhoneiros na BR 101 em Viana é desmobilizado

Geral

Ponto de manifestação de caminhoneiros na BR 101 em Viana é desmobilizado

Desmobilização ocorreu durante operação conduzida pela Companhia de Missões Especiais (Cimesp), da Polícia Militar, no início da noite desta quarta-feira

Ponto de manifestação dos caminhoneiros em Viana foi desmobilizado nesta quarta-feira

O ponto de manifestação de caminhoneiros às margens da BR-101, em Viana, começou a ser desmobilizado no início da noite desta quarta-feira (30), durante uma operação conduzida pela Companhia de Missões Especiais (Cimesp), da Polícia Militar.

A ação aconteceu por volta das 18h30 e contou com cerca de 60 policiais militares, de dois pelotões de choque. Não foi preciso o uso da força por parte da corporação.

De acordo com a Polícia Militar, o local era um dos últimos pontos de concentração dos manifestantes no Espírito Santo. Os protestos dos caminhoneiros iniciaram com 39 pontos de protesto no Espírito Santo. No fim de semana, esse número caiu para 29 e, nesta quarta-feira (30), o movimento passou por uma desmobilização.

Rota Segura

Nesta quarta-feira, a Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciaram a operação Rota Segura nas estradas do Espírito Santo. O objetivo é garantir a passagem dos caminhoneiros que não estão em greve e normalizar o abastecimento em todo o Estado.

De acordo com o superintendente da PRF no Espírito Santo, Willis Lyra, mais de 800 multas já foram aplicadas durante o período da manifestação, sendo grande parte delas referente ao estacionamento irregular de caminhões. "A equipe vai continuar atuante e identificando irregularidades. A autuação ao veículo pode gerar novas multas de até R$ 17 mil", disse.