Indianos em hotel de Vitória: grupo é formado por um comandante e dois marinheiros

Geral

Indianos em hotel de Vitória: grupo é formado por um comandante e dois marinheiros

Hotel da orla da Praia de Camburi foi interditado pela Vigilância Sanitária após um dos asiáticos testar positivo para covid-19

Foto: TV Vitória

O grupo de indianos testados para covid-19, em um hotel de Vitória interditado pela Vigilância Sanitária Estadual, no início da tarde desta sexta-feira (28), é composto por um comandante e dois marinheiros. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), eles permanecem isolados em um quarto. 

O hotel, localizado na orla de Camburi, foi fechado após um deles testar positivo para infecção por coronavírus. A Sesa não divulgou qual tripulante está contaminado. 

Ainda não é possível afirmar que ele está infectado pela nova cepa indiana. O material coletado será analisado pela Fiocruz, no Rio de Janeiro, para confirmação. A Sesa espera que o resultado seja divulgado dentro de cinco dias.

Os demais hóspedes e funcionários do estabelecimento - 94 pessoas no total -também estão isolados. Eles foram testados para detectar se houve mais infecções a partir do contato com os indianos. 

"São 52 adultos e cinco crianças, além de 37 trabalhadores do hotel. Todos farão o teste RT-PCR para identificar se estão com o vírus. Se der positivo, como o primeiro caso de passageiro indiano, o material será enviado para a Fiocruz, no Rio de Janeiro, que é o órgão que faz a análise e confirma as variantes", descreveu o subsecretário de Estado da Saúde, Luiz Carlos Reblin.

A Petrobras informou, por meio de nota, que o hotel é utilizado para acomodar trabalhadores da empresa. No entanto, segundo a Petrobras, todos eles cumprem medidas de isolamento, são monitorados por equipes de saúde da companhia e não tiveram contato com outros hóspedes.

Navio

Os indianos vieram para o Espírito Santo num voo vindo de São Paulo. Os três levariam um navio atracado no litoral capixaba para a Índia. O passageiro que testou positivo já chegou ao Estado com sintomas de covid-19, como tosse, coriza e febre. 

Diante da situação, o hotel acionou a Vigilância Sanitária. Os profissionais foram até o quarto dos estrangeiros e aplicaram o teste PCR. Em seguida, foi feito um rastreamento entre os funcionários que tiveram contato direto com os três asiáticos.

Hotel interditado

A interdição do hotel pegou muita gente de surpresa. O professor Jean Ribeiro chegou de viagem do Rio de Janeiro e iria se hospedar ali. Ele teve que mudar de planos já que o estabelecimento não pode receber novos hóspedes. 

"Eu levei um susto porque meu check in estava previsto para às 14h desta sexta e vi que estava igual em um filme: o hotel fechado e um grupo de pessoas com aquela roupa especial, com parafernalha para testagem. Soube que eram por causa de indianos com suspeita de covid", descreveu o professor, que disse ainda que iria procurar outro hotel próximo dali.

Leia também: Indiano com covid no ES: hóspedes de hotel só poderão sair após resultado de exames

Leia também: VÍDEO I Hotel em Vitória é fechado após hóspedes indianos apresentarem sintomas de covid

Leia também: Hóspede indiano testa positivo para covid-19 em Vitória, confirma governador Renato Casagrande