• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chile ganhou respeito dos adversários, diz volante

Geral

Chile ganhou respeito dos adversários, diz volante

Belo Horizonte - A vitória por 2 a 0 sobre a Espanha e a consequente classificação antecipada às oitavas de final da Copa elevaram o Chile a outro patamar. A seleção chilena é tratada com maior respeito, segundo jogadores como o volante Francisco Silva, titular na vitória contra os espanhóis. "As outras equipes pensam em nós como um rival forte. Já não nos veem como o Chile fácil de antes", avaliou.

O Chile enfrenta a Holanda na próxima segunda-feira. Será o tira-teima do Grupo B: ambas as seleções têm seis pontos e estão classificadas. A vantagens dos holandeses é que, por terem melhor saldo de gols, podem jogar pelo empate para terminar a chave em primeiro lugar, evitando assim um possível confronto com o Brasil logo nas oitavas de final do Mundial.

Francisco Silva garante que os chilenos vão jogar sem medo diante da Holanda. "Nosso objetivo é terminar em primeiro o grupo e estamos a um passo disso", afirmou o volante, que jogou como um terceiro zagueiro, fechando o lado direito da defesa, no jogo contra a Espanha.

A ideia do técnico Jorge Sampaoli, ao escalar o time chileno assim, era proteger o setor do campo onde joga o craque espanhol Iniesta. "Adaptei-me bem à posição, já tínhamos treinado dessa maneira, como volante ou zagueiro central me sinto bem", contou Francisco Silva.

Sampaoli não confirma a equipe, mas é provável que Francisco Silva continue como titular, mantendo o esquema que deu certo contra a Espanha. Vida, "pendurado" com cartão amarelo, é dúvida, assim como Aránguiz, que sente dores no joelho.