'Foi bonito enquanto durou', lamenta chileno Valdivia

Geral

'Foi bonito enquanto durou', lamenta chileno Valdivia

Redação Folha Vitória

Belo Horizonte - Valdivia não teve a chance de tentar mudar o rumo da história e evitar a eliminação do Chile diante do Brasil. Neste sábado, o jogador do Palmeiras não foi chamado do banco de reservas pelo técnico Jorge Sampaoli e só assistiu ao empate em 1 a 1 no Mineirão e também à decisão dos pênaltis, vencida pelo time brasileiro por 3 a 2.

Pelo Twitter, ele comentou a eliminação chilena. "Foi bonito enquanto durou. Somente palavras de agradecimento. Obrigado a todos pela nova oportunidade. Ao departamento médico, companheiros e aos Chile", postou Valdivia na sua conta oficial. O texto foi acompanhado de uma foto dele se dirigindo ao ônibus e fazendo um "joia" com a mão.

Antes da Copa, Sampaoli chegou a dizer que Valdivia era muito importante para o time. Tanto que o meia foi escalado como titular diante do Chile, marcando um gol. Diante da Espanha, porém, ele saiu para a entrada de um terceiro zagueiro e a formação foi aprovada, tendo sido mantida contra Holanda e Brasil.

Diferente dos outros dois jogos, porém, diante do Brasil Valdivia não entrou nem mesmo no segundo tempo. Sampaoli preferiu lançar Gutiérrez, Pinilla e Rojas, este última para fechar a equipe na prorrogação.