Fotografia: a memória que fica daquele dia mais que especial

Geral

Fotografia: a memória que fica daquele dia mais que especial

Confira as dicas do Especial Noivas do Folha Vitória antes de decidir quem contratar para fotografar o dia tão especial, que será o seu casamento.

Foto: Divulgação

Se existe uma lembrança do casamento que fica mesmo após cerimônia, festa, vestido ou decoração, com certeza, é a fotografia. Passada toda a alegria e emoção do sim-sim, são nas fotos que os noivos, familiares e amigos poderão reviver cada momento daquele dia mágico. Por isso é importante saber quem escolher para ser o responsável por não deixar nenhum momento passar despercebido.

Sem perder nenhum detalhe

Assim como diversos outros itens do casamento, a fotografia também se modernizou bastante nos últimos tempos e atualmente as opções e estilos de ensaios e fotos são muitas. Uma das tendências na área da fotografia de casamento é o fotojornalismo. Com essa técnica, o fotógrafo age como um paparazzo e não interrompe nenhum momento, capturando todos os registros da cerimônia e da recepção de forma espontânea. Dessa forma, as fotografias se tornam o reflexo de cada detalhe, como a emoção do casal, as lágrimas dos pais e a alegria dos convidados.

Trash the dress

Calma, não leve essa tradução tão ao pé da letra! Esse tipo de ensaio fotográfico pós-casamento tem conquistado algumas noivas. A intenção não é destruir o vestido (muito menos jogá-lo no lixo!), mas usá-lo em situações inusitadas ou paisagens incomuns, como dentro do mar, ou se sujando com tinta, criando um ensaio fotográfico com os trajes do casamento, porém fora desse ambiente deste. 

Para guardar no bolso

Álbuns “pocket” e “mini” já fazem parte do pacote de alguns fotógrafos capixabas. O primeiro cabe no bolso, é superprático para mostrar as fotos do casamento no trabalho, por exemplo, e pode até ser dado como lembrancinha para os familiares. Já o “mini” é uma versão reduzida do álbum original, geralmente metade de seu tamanho, e também é muito prático para levar na casa de familiares e amigos.

De região para região

Alguns ensaios acabam se tornando tendência devido à cultura local. O fotógrafo Marcos Salles conta que em Brasília é comum as noivas fazerem o ensaio fotográfico antes do dia do casamento. “Elas fazem toda a produção e usam o vestido de noiva. O bom é que assim elas já conseguem ter uma prévia de como ficarão no dia e podem mudar algo que não gostam. Já no Espírito Santo, o tradicional é fazer o ensaio pós-casamento”, diz Salles.

Saiba contratar o fotógrafo

Seja qual for o estilo do ensaio escolhido pelos noivos, uma coisa é certa: o fotógrafo precisa entender e se identificar com a proposta dos noivos. O casal deve conhecer bem o trabalho de quem ele irá contratar para registrar os momentos desse dia, que é tão especial quanto único.

Confira as dicas do Especial Noivas do Folha Vitória para decidir quem contratar para fotografar seu casamento. Quando encontrar um fotógrafo que corresponda às suas expectativas, o casal não deve perder tempo e marcar a data com a máxima antecedência com o fornecedor.

Na escolha do fotógrafo

Estilo de fotografias

Alguns fotógrafos priorizam a iluminação, outros já dão mais destaques aos cenários. Veja qual o estilo do fotógrafo pesquisado e se ele corresponde às suas expectativas.

Orçamento

Algumas variáveis devem ser acertadas com o fornecedor na hora de assinar o contrato, como a quantidade de ajudantes para os momentos mais exigentes, cópias das fotos encomendadas pelos convidados, tempo de festa e formato do álbum. Se os noivos quiserem que o profissional fique até ao final da festa, deve negociar com antecedência um preço justo.

Os noivos se identificaram com o fotógrafo?

Se não sentir empatia e segurança no fotógrafo, é o melhor pensar duas vezes antes de contratá-lo. Lembre-se de que este será um dos dias mais especiais da sua vida e o fotógrafo será uma presença constante, por isso, o casal precisa se sentir bem com suas dicas de fotos.

Circulando pela festa

Alguns noivos querem que o fotógrafo os acompanhe na volta às mesas e tire fotos com os convidados, enquanto outros não. Por isso, é importante definir as situações e pessoas que devem ser fotografadas e o tempo que dedicarão a cada uma. Uma boa dica é pedir a alguém, que poderá ser uma das madrinhas, para apresentar ao fotógrafo quem são as pessoas a serem fotografadas e os momentos que devem ser registrados.

Registre todo mundo

É sempre bom conversar com o fotógrafo sobre as fotos típicas dos noivos, especialmente acompanhados dos familiares e padrinhos. Embora algumas pessoas não gostem de posar para as fotografias, com a orientação certa, disposição e naturalidade, esse momento poderá ser mais divertido do que se imagina.