Após eleições, presidente turco aceita renúncia de primeiro-ministro

Geral

Após eleições, presidente turco aceita renúncia de primeiro-ministro

Redação Folha Vitória

Ancara - O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, informou hoje que aceitou formalmente a renúncia do primeiro-ministro do país, Ahmet Davutoglu, para permitir a formação de um novo governo, depois de o partido do premiê não ter atingido a maioria absoluta do Parlamento nas eleições do último fim de semana.

Tanto Erdogan quanto Davutoglu são do Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP), que obteve 41% dos votos e 258 assentos no Parlamento, 18 a menos que os 276 necessários para formar uma coalizão de partido único.

Com isso, Erdogan deverá dar a Davutoglu a missão de formar uma coalizão de governo com outros partidos, o que não será tarefa fácil, já que grupos de oposição já prometeram resistência a qualquer pacto de poder com o AKP. Os oposicionistas exigem limitações ao poder de Erdogan, o que deverá dificultar as negociações. Fonte: Associated Press.