França abre investigação independente sobre acidente aéreo da Germanwings

Geral

França abre investigação independente sobre acidente aéreo da Germanwings

Redação Folha Vitória

Paris - Um promotor francês disse nesta quinta-feira que a França começou uma investigação judicial independente sobre o acidente aéreo do avião da Germanwings, que caiu nos Alpes franceses e matou as 150 pessoas que estavam a bordo, em março deste ano.

Brice Robin, promotor de Marselha encarregado pela investigação original, disse que o inquérito judicial independente começou na quarta-feira como um caso de homicídio, permitindo a investigação de qualquer pessoa, empresa ou órgão público na França, Alemanha ou em qualquer outro lugar ou pessoa que possa ser apontado como responsável pelo acidente.

Investigadores afirmam que o copiloto Andreas Lubitz prendeu o piloto para fora da cabine e jogou o voo contra os Alpes franceses. Lubitz, que tinha um histórico de problemas de depressão e nos olhos, havia sido liberado para voar. Fonte: Associated Press.