França irá criar 11 mil vagas em centros para imigrantes e refugiados

Geral

França irá criar 11 mil vagas em centros para imigrantes e refugiados

Redação Folha Vitória

Paris - A França irá criar 11 mil novos lugares em centros para imigrantes e habitação para refugiados como parte de um plano que pretende lidar com o fluxo de centenas de imigrantes que atravessam o Mar Mediterrâneo para entrar na Europa, informou Bernard Cazeneuve, ministro do Interior.

Neste ano, cerca de 100 mil imigrantes entraram na Europa pela Itália e pela Grécia e a polícia de choque removeu à força dezenas de pessoas da fronteira entre a Itália e a França.

De acordo com o ministro, a França irá abrir mais quatro mil vagas em centros para imigrantes até o ano que vem e outras 5.500 vagas para abrigar refugiados que receberam status legal no país.

Além disso, 1.500 novos centros emergenciais para imigrantes serão criados como uma solução temporária para abrigar imigrantes ilegais - especialmente em Paris e Calais, cidade localizada no Canal Inglês aonde muitos imigrantes tentam cruzar a fronteira para o Reino Unido.

O governo também planeja uma força-tarefa policial com o objetivo de desmembrar as redes de tráfico de pessoas e fortalecer o controle da polícia em "áreas estratégicas", como o porto de Calais, estações de trem e algumas estradas.

No ano passado, 64.800 imigrantes pediram asilo na França e 20 mil pessoas garantiram o status legal de refugiado. Atualmente, o país conta com 25 mil camas em centros para imigrantes. Fonte: Associated Press.