Libéria isola região após novo caso de Ebola

Geral

Libéria isola região após novo caso de Ebola

Redação Folha Vitória

Monróvia - O governo da Libéria colocou em quarentena duas famílias devido a morte de um menino de 17 anos por Ebola, aumentando a tensão sobre a suspeita de que o país possa enfrentar outro surto da doença dois meses após ser considerado livre de Ebola.

"A Libéria está com uma nova infeccção de Ebola", disse o vice-ministro da Saúde, Tolbert Nyenswah, líder da equipe de contenção de Ebola.

O menino morreu em sua casa e foi enterrado de maneira segura para evitar o contágio da doença, informou Nyenswah. A área na qual o menino morreu, Nedowein, fica próximo ao aeroporto internacional da Libéria, 48 quilômetros ao sul da capital, Monróvia.

Equipes estão investigando como o menino foi infectado, disse Nyenswah. A região não fica perto das fronteiras com Serra Leoa e Guiné, países vizinhos que ainda têm casos de Ebola.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a Libéria livre de Ebola dia 9 de maio, após passar 42 dias sem registrar nenhum novo caso. Fonte: Associated Press.