Líder supremo do Irã diz que EUA não são confiáveis

Geral

Líder supremo do Irã diz que EUA não são confiáveis

Redação Folha Vitória

Dubai (04) - O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, disse nesta quinta-feira que os Estados Unidos e outras potências não são confiáveis. A declaração é feita perto do prazo final para um acordo nuclear que poderia resultar na flexibilização das sanções internacionais contra o país.

"Vemos como é impossível confiar nas promessas destes arrogantes", disse ele se referindo às grandes potencias, "e como não podemos confiar em palavras ditas durante reuniões privadas".

Khamenei, que tem a palavra final sobre a maioria dos assuntos de estado no Irã, fez os comentários durante um discurso pelo aniversário da morte do aiatolá Ruhollah Khomeini, a força motriz da revolução islâmica do país em 1979.

O Irã e seis potências mundiais, incluindo os EUA, concordaram em abril para firmar um plano em que o Irã iria limitar as suas atividades de enriquecimento de urânio e se submeter a inspeções internacionais. Em troca, algumas sanções impostas pelos os EUA, a União Europeia e as Nações Unidas seriam suspensas.

O acordo nuclear é uma prioridade da política externa para o presidente Barack Obama. Sua conclusão poderá abrir o caminho para a aproximação entre o Irã e o Ocidente, depois de mais de três décadas de relações tensas. Fonte: Dow Jones Newswires.