Primeira foto colorida de Plutão é divulgada pela Nasa, que promete registros ainda melhores

Geral

Primeira foto colorida de Plutão é divulgada pela Nasa, que promete registros ainda melhores

Na foto é possível observar sua maior lua, a Caronte. Lançada em 2006, o local no qual a sonda se aproxima agora, é o mais esperado pela organização, a mais de 4,5 bi

A imagem impressiona pela imensidão escura ao redor de dois corpos alaranjados Foto: R7

Após quase uma década percorrendo o Sistema Solar, a sonda New Horizons, da Nasa, enviou a primeira imagem colorida de Plutão.

Nela é possível observar sua maior lua, a Caronte. Lançada em 2006, o local no qual a sonda se aproxima agora, é o mais esperado pela organização, a mais de 4,5 bilhões de quilômetros de distância.

Apesar de simples, a imagem impressiona pela imensidão escura ao redor de dois corpos alaranjados. Acredita-se que, muito em breve, outras imagens de Plutão - e mais nítidas - sejam divulgadas pela sonda, à medida que ela for se aproximando. Acredita-se que em 14 de julho, a sonda estará o mais perto possível do planeta.

A imagem foi registrada durante a exploração do limite mais desconhecido do Sistema Solar, o Cinturão de Kuiper. De acordo com a Nasa, há diversos pequenos planetas e outros misteriosos corpos no local. O local também é conhecido por gerar uma enorme quantidade de cometas, assim como o Halley.

"Com este voo sem precedentes, nosso conhecimento sobre Plutão e suas luas vai aumentar de forma exponencial e eu não tenho nenhuma dúvida de que vamos fazer descobertas emocionantes", afirmou John Grunsfeld, chefe de missões científicas da Nasa.

Alan Stern, do Instituto de Pesquisa do Sudoeste (SWRI), principal cientista da missão, promete surpreender os aficionados por espaço: “Isso é pura exploração! Vamos transformar estes pontos de luz registrados em um planeta e um sistema de luas surgirá diante de seus olhos”.

Descoberto em 1930, Plutão possui 2.253 quilômetros de largura, está a 5,79 bilhões de quilômetros do Sol. Recentemente, perdeu o posto de menor planeta do sistema solar, sendo rebaixado a ‘planeta anão’.