Produtora contratada pelo MEC para a TV Escola demite 60 e muda de sede

Geral

Produtora contratada pelo MEC para a TV Escola demite 60 e muda de sede

A Acerp era gerida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC), mas, desde o início do ano, está sob a supervisão do MEC. A mudança levou a uma reestruturação

Redação Folha Vitória
A associação é uma das contratadas do MEC Foto: Divulgação

São Paulo - A Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto (Acerp), uma das contratadas pelo Ministério da Educação (MEC) para produzir a TV Escola, um canal institucional da pasta, demitiu 60 funcionários nesta semana. A associação produzia uma média de três horas semanais de conteúdo inédito para o canal, mas, desde o início do ano, esse volume caiu 90%. O corte é feito em meio a medidas de ajuste fiscal, que fizeram o governo federal contingenciar R$ 9,423 bilhões da Educação.

A Acerp era gerida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC), mas, desde o início do ano, está sob a supervisão do MEC. A mudança levou a uma reestruturação, com queda no orçamento e na equipe. A entidade também mudou sua sede para um imóvel menor.

O MEC informou que a Acerp tem autonomia para tomar decisões administrativas e que os entendimentos da organização com a TV Escola vão continuar a ser feitos.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.