Forças Armadas dos EUA dizem que nada muda em relação ao Catar

Geral

Forças Armadas dos EUA dizem que nada muda em relação ao Catar

Redação Folha Vitória

Dubai - O Comando Central das Forças Armadas dos Estados Unidos disse que "não temos planos de mudar nossa postura no Catar" em meio a uma crise diplomática no Golfo. Durante a manhã, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Bahrein e Egito cortaram relações com o governo do Catar. Posteriormente, Maldivas e uma das partes em conflito na Líbia e no Iêmen aderiram ao movimento.

O major Adrian Rankine-Galloway afirmou à Associated Press, em uma declaração, nesta segunda-feira, que as aeronaves militares americanas continuam a voar em missões no Afeganistão, no Iraque e na Síria, apesar da tensão na região. "Encorajamos todos os nossos parceiros na região a reduzir as tensões e a trabalhar em soluções que permitam a segurança regional", disse o major.

O Catar é a sede da base aérea de Al-Udeid, onde fica o Comando Central dos EUA e possui cerca de 10 mil soldados americanos. Fonte: Associated Press.