Le Pen é indiciada por mal uso dos recursos de gabinete no Parlamento Europeu

Geral

Le Pen é indiciada por mal uso dos recursos de gabinete no Parlamento Europeu

Redação Folha Vitória

Paris - A líder da extrema-direita na França, Marine Le Pen, foi indiciada nesta sexta-feira por utilizar fundos de gabinete de seu mandato como deputada no Parlamento Europeu para pagar dois funcionários da Frente Nacional (FN), seu partido.

A defesa da ex-candidata à presidência disse que vai lutar contra as acusações.

Segundo a promotoria, Le Pen foi intimada a prestar esclarecimentos preliminares sobre quebra de confiança e cumplicidade ao trazer dois funcionários, Catherine Griset e Thierry Legier, para trabalhar em seu escritório em Strasburgo, sede do Parlamento Europeu, sendo que ambos tinham vinculações diretas com a Frente Nacional. Os investigadores suspeitam que eles participavam de atividades políticas relacionadas ao partido e não ao Parlamento Europe. Em fevereiro, Griset foi indiciado com a mesma acusação.

Além de Le Pen, outros parlamentares europeus, incluindo o vice-presidente do FN, Louis Aliot, são investigados por mal uso dos recursos de gabinete. Fonte: Associated Press.