Líderes europeus concordam em reprimir extremismo e discutem Fundo de Defesa

Geral

Líderes europeus concordam em reprimir extremismo e discutem Fundo de Defesa

Redação Folha Vitória

Bruxelas - O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, disse que os líderes europeus concordaram em reprimir o extremismo online, além de aprofundar os esforços contra europeus que se unem a extremistas no exterior.

Em Bruxelas, durante a Cúpula dos líderes da UE, Tusk afirmou que também houve uma concordância por uma maior cooperação em defesa. Após uma série de ataques em pequena escala em capitais europeias, o presidente do Conselho Europeu disse que "o terrorismo ainda é uma grande ameaça".

O presidente da França, Emmanuel Macron, disse que os líderes discutiram medidas para combater o terrorismo inclusive em plataformas criptografadas. Segundo ele, foi discutida a criação de um Fundo de Defesa da UE, que teria como objetivo despesas com defesa.

Também no evento, a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, deu apoio ao presidente da França, Emmanuel Macron, enfatizando que "somos uma comunidade de valores". Antes, Macron havia alertado os países que algumas nações orientais desafiavam o plano de compartilhamento de refugiados do bloco. "Eu acho importante que Macron tenha enfatizado isso novamente, porque mostra que a França e a Alemanha estão com a mesma abordagem", disse Merkel. Fonte: Associated Press.