Números da tragédia: 22 mortos, 6 feridos internados e 11 corpos passarão por DNA

Geral

Números da tragédia: 22 mortos, 6 feridos internados e 11 corpos passarão por DNA

Um dos feridos que estava internado em estado grave em um hospital da Serra morreu na noite da última quinta (22) e agora seis feridos continuam internados

Os dados foram atualizados nesta manhã pela Sesa  Foto: TV Vitória

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) atualizou, na manhã desta sexta-feira (23), a situação dos feridos no acidente da BR-101 que estão internados em hospitais da rede pública estadual. De acordo com o órgão, dos 12 pacientes, 6 continuam internados. Um deles está em hospital particular, cinco já receberam alta e um, que estava em estado grave, morreu na noite da última quinta-feira (22)

Dos 22 corpos já levados para o Departamento Médico Legal (DML), quatro foram liberados nesta manhã e outros 18 aguardam identificação, sendo que 11 deles só poderão ser liberados após exames de DNA. 

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, o excesso de peso na carga do caminhão pode ter causado o estouro do pneu e feito com que o motorista perdesse o controle da direção. O peso total da carreta que se envolveu no acidente era de 41 toneladas, 11 a mais do que o permitido nas estradas capixabas.

Tudo isso poderia ter sido diagnosticado por inspeção em uma balança de fiscalização da rodovia, mas a própria PRF disse que algumas não estão funcionando aqui no Estado e a agência responsável nega. 

De acordo com o chefe da Polícia Civil no Estado, Guilherme Daré, o dono da empresa responsável pela carreta está em Vitória e vai ser ouvido a qualquer momento. No final do inquérito, ele pode ser indiciado por homicídio culposo. O caso, que já estava sendo investigado pela Delegacia de Delitos de Trânsito de Guarapari agora foi transferido para Delitos de Trânsito de Vitória.