Principal diplomata dos EUA na embaixada americana em Pequim deixa o posto

Geral

Principal diplomata dos EUA na embaixada americana em Pequim deixa o posto

Redação Folha Vitória

Washington - O principal diplomata da embaixada americana em Pequim, David Rank deixou o posto abruptamente, dizendo a colegas que abandonará o serviço por causa de desacordos com a política do governo de Donald Trump, disseram funcionários dos Estados Unidos nesta segunda-feira. Fontes do Departamento de Estado familiarizadas com a demissão dizem que Rank citou como motivo a decisão de Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris sobre o clima.

O Departamento de Estado apenas confirmou a aposentadoria, dizendo que foi uma "decisão pessoal", sem dar mais detalhes. Rank era funcionário de carreira com 27 anos de experiência, em países como Afeganistão, Taiwan, Grécia e Ilhas Maurício. Ele era o número 2 da embaixada, à espera da chegada do novo embaixador indicado por Trump para a China, o ex-governador do Iowa Terry Branstad, que foi confirmado pelo Senado no mês passado. Fonte: Associated Press.