Acordo para Reino Unido seguir na união aduaneira com UE só iria até 2021

Geral

Acordo para Reino Unido seguir na união aduaneira com UE só iria até 2021

Redação Folha Vitória

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, firmou com membros do seu governo um compromisso de que qualquer arranjo temporário para manter ligações aduaneiras com a União Europeia após o Brexit duraria, no máximo, até o fim de 2021.

A garantia veio após May realizar uma série de reuniões com apoiadores do Brexit de seu gabinete em meio a relatos de que o secretário responsável pelas negociações para a saída britânica da UE, David Davis, havia ameaçado renunciar por causa de uma proposta anterior que poderia forçar o Reino Unido a seguir as regras comerciais do bloco indefinidamente.

No âmago desse debate está o objetivo de assegurar que a fronteira entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda - esta última é integrante da UE - permaneça aberta após o Brexit, sem postos de controle ou alfandegários, como uma forma de proteger laços econômicos e a paz na ilha em que se situam esses dois países.

O acordo emergencial para arranjos alfandegários que está em discussão nesta quinta-feira entraria em vigor se Londres e Bruxelas não alcançarem um consenso para a fronteira entre as Irlandas que pudesse proteger o atual funcionamento da divisa. (Associated Press)