• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Faltas em consultas médicas causam mais de R$ 21 milhões de prejuízo em Vitória

RIQUEZAS DE NORTE A SUL

Geral

Faltas em consultas médicas causam mais de R$ 21 milhões de prejuízo em Vitória

Em 2017, o número ultrapassou 206.384 consultas, sendo mais de 48% apenas consultas médicas


A crescente procura por atendimento nas unidades de saúde da rede pública, ocasionada principalmente pela crise econômica, acende um alerta para um problema que vai além da oferta de vagas: o índice de faltosos. No município de Vitória, por exemplo, o número ultrapassou 206.384 consultas em 2017, sendo mais de 48% apenas consultas médicas e o restante, de atendimento odontológico, psicológico e enfermeiro de estratégia de saúde da família (ESF).

Segundo a prefeitura do município, na atenção básica, as consultas custam R$ 103,39. Levando em consideração o número de faltas no último ano, a perda mensal foi de R$ 1.776.383,28, o que significa uma perda de recursos total de R$ 21.315.399,35 somente em 2017.

Para evitar o desperdício de faltas e, consequentemente, os prejuízos causados, a Prefeitura de Vitória apostou na tecnologia e lançou em 2017 um sistema de confirmação de consultas online. Além de organizar o acesso às consultas agendadas nas unidades de saúde da Capital, o Confirma Vitória otimiza a oferta de vagas e já tem apresentado bons resultados.

No primeiro quadrimestre de 2018, o Confirma Vitória ajudou a diminuir o número de faltas em 29%. Em 2017, foram registradas 68.112 faltas, enquanto que, no mesmo período deste ano, o número foi de 48.323.

Em parceria com a Secretaria de Gestão, Planejamento e Comunicação (Seges), a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS), tem como meta diminuir o índice de faltas para 20% em 2018, 18% em 2019 e 16% em 2020. No último mês, o índice de faltas nas 29 unidades de saúde foi de 18,88%, em março, de 18,52, em fevereiro, de 26% e em janeiro de 23,91%.

Ainda atrelada à tecnologia, a prefeitura implantou, em maio de 2017, o Agendamento Online, para marcação de consultas nas unidades de saúde. Segundo dados da Rede Bem-Estar (RBE), desde o início deste ano, foram realizados mais de 43 mil agendamentos  e 72% dos pacientes da Capital aderiram ao serviço. 

Agendamento online

A ferramenta foi implantada gradativamente em todas as unidades de saúde do município. Para agendar a consulta médica, o morador deve acessar o sistema por meio do Portal da Prefeitura ou do aplicativo Vitória Online. O agendamento funciona diariamente, a partir das 07h, com novas ofertas de vagas. Quem tiver dificuldade em usar a ferramenta, pode se dirigir à unidade de saúde mais próxima. Lembrando que, os serviços também continuam sendo agendados na US.

Confirma Vitória

Após a marcação da consulta, o usuário recebe um torpedo oito dias antes da consulta, solicitando a confirmação ou o cancelamento no sistema. O morador pode fazer sua confirmação com até dois dias de antecedência pelo computador, tablet ou celular, por meio do aplicativo Vitória Online. As consultas canceladas ou não confirmadas retornam para o sistema, sendo novamente disponibilizadas para outros pacientes.

Desde o início do ano, a confirmação e o cancelamento das consultas passaram a ser obrigatórios. Se o paciente confirmar e não comparecer à consulta, ele somente poderá utilizar o agendamento online novamente após justificar sua falta presencialmente na unidade de saúde onde é atendido. A principal queixa dos pacientes para o não comparecimento é o esquecimento.