• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Número de adoção de cães e gatos aumenta durante pandemia em Guarapari

Geral

Número de adoção de cães e gatos aumenta durante pandemia em Guarapari

Só na última semana, cerca de 10 adoções foram registradas no Centro de Controle de Zoonoses de Guarapari (CCZ)

Aline Couto

Redação Folha da Cidade
Foto: Reprodução/Pexels

Desde que a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) começou, tem aumentado o número de adoção de cães e gatos em Guarapari. Na última semana, cerca de 10 adoções foram registradas no Centro de Controle de Zoonoses de Guarapari (CCZ). “É um número raro para uma semana”, contou Lorena Santos da Silva, gerente de vigilância ambiental do local.

De acordo com Lorena, as adoções da última semana foram em sua maioria de cachorros. Mas ela notou um aumento grande de adoção de gatos nesse período de quarentena. “Os gatos são mais independentes e aptos a lugares menores”.

Com as medidas de distanciamento social, algumas adoções estão ocorrendo por parte de pessoas que não estavam planejando devido ao sentimento de solidão. É um cenário positivo, mas também há ressalvas sobre o aumento repentino e é importante considerar antes de decidir adotar um companheiro. É necessário que os novos donos tenham tempo livre em casa para ajudar na adaptação dos animais e a rotina da família pós-quarentena precisa ser considerada, para evitar abandonos futuros.

“Infelizmente também foi notado um crescimento de animais abandonados na cidade. O que é muito triste. Por isso a adoção tem que ser responsável. Estamos lidando com uma vida que precisa de cuidados com alimentação e saúde, além de muito carinho”, finalizou a gerente.

Programa Municipal de Controle Populacional de Cães e Gatos

O CCZ está realizando um trabalho, fundamentado na Lei Municipal 3804/2014, que dispõe sobre o controle populacional e bem estar animal, sua posse responsável, vacinação, trânsito em vias públicas, comercio, doação, apreensão, remoção, destinação, entre outras providências.

Visando um programa de castração cirúrgica mais eficiente, sua operacionalização prioriza os animais, quais não se tem controle de mobilidade e que, por isso mesmo, reproduzem livremente, impactando a população de animais que tem livre acesso as ruas e logradouros públicos.

Após a castração estes animais ficam disponíveis no Centro de Controle de Zoonoses – CCZ, para adoção consciente. Basta ir à sede do CCZ, de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h, na Rua Monazita, s/n, bairro Santa Mônica, com um documento de identidade com foto e um comprovante de residência.