Prefeitura fecha 14 bares por causa de aglomeração em Vitória

Geral

Prefeitura fecha 14 bares por causa de aglomeração em Vitória

Ao todo, 41 estabelecimentos foram vistoriados e 14 tiveram suas atividades paralisadas por irregularidades; casa de shows na Praia do Canto foi notificada e polêmica foi parar nas redes sociais

Foto: Reprodução Instagram

Uma grande festa em uma casa de shows em Vitória foi interrompida pela fiscalização da Vigilância Sanitária da Prefeitura Municipal na noite de sábado (12).

Vídeos compartilhados nas redes sociais mostram aglomeração no local e pessoas sem máscara.  A prefeitura disse que, só na noite de sábado, 41 estabelecimentos foram vistoriados e 14 tiveram suas atividades paralisadas por irregularidades.

Além da casa de festas, a equipe atuou na dispersão de aglomerações em locais como Centro, Rua da Lama e Triângulo das Bermudas, na Praia do Canto. 

A prefeitura reforçou que está atuando em conjunto com o Sindbares e com a Associação Brasileira de Promotores de Eventos (Abrape-ES) em um trabalho preventivo e orientativo sobre os protocolos de segurança, já adotados pelos estabelecimentos.

Comediante critica evento

O comediante e influencer Rafinha Bastos ironizou em um stories do Instagram a festa na casa de shows na Praia do Canto. Ele tem mais de 1,5 milhão de seguidores na rede. 

"Gostaria de convidar todos amigos para correr agora para a Praia do Canto, no lugar Ilha Shows, que é um lugar no Brasil que não existe coronavírus", disse.

O espaço, segundo o site da casa de shows, tem capacidade para abrigar de 250 a 2.700 pessoas.

Mas shows só são permitidos - com até 300 pessoas - nas cidades classificadas como risco baixo de contágio para o coronavírus, o que não é o caso de Vitória, que está no risco moderado.

Outro lado

A equipe do Folha Vitória tentou contato com o dono da casa de festas Ilha Shows, porém não foi atendida. A matéria será atualizada assim que houver retorno.