Viana vai agendar vacina de porta em porta para imunizar toda a população contra a covid-19

VACINAÇÃO NO ESPÍRITO SANTO

Geral

Viana vai agendar vacina de porta em porta para imunizar toda a população contra a covid-19

Os moradores do município com mais de 18 anos que ainda não receberam a primeira dose da vacina começarão a ser imunizados nesta quarta-feira

Foto: Folha Vitória

A Prefeitura de Viana pretende aplicar a primeira dose da vacina contra a covid-19 em toda a população adulta do município ainda nesta semana. Para isso, agentes comunitários e de endemia do município irão de casa em casa para fazer o agendamento da vacinação.

O anúncio foi feito pelo prefeito Wanderson Bueno, na tarde desta segunda-feira (28), em reunião realizada no Teatro Municipal, com todos os agentes. Os moradores com mais de 18 anos que ainda não receberam a primeira dose da vacina começarão a ser imunizados nesta quarta-feira (30).

De acordo com a secretária municipal de Saúde de Viana, Jaqueline Jubini, o município, que possui a maior cobertura vacinal do Espírito Santo, dispõe de doses suficientes para este trabalho. 

“É indiscutível a importância de cada profissional da saúde nos avanços que já temos aqui. Hoje temos mais de 80% da população vianense imunizada, o que contribui consideravelmente para a redução da transmissão do coronavírus no município”, disse Jubini.

Já Wanderson Bueno destacou o trabalho dos agentes de saúde desde o início da vacinação, que possibilitou que todos os idosos do município fossem vacinados em casa.

“Por conta do trabalho mais do que importante dos agentes de saúde, foi possível imunizar nossos idosos sem que eles saíssem de suas casas, tanto na área urbana como no interior. Um resultado exitoso, que trouxe muita segurança para as pessoas", destacou o prefeito.

"Tivemos um estudo recentemente que também foi um sucesso, em que Viana pode contribuir para a redução dos índices no Estado e abriu as portas para a ciência. Já temos um indicador que demonstra uma redução de 70% no número de casos de contaminação e estamos em risco baixo”, completou.

Agendamento e vacinação

De acordo com a prefeitura, os agentes comunitários e de endemias farão uma varredura em seus territórios de referência para fazer uma busca ativa de todos aqueles que porventura ainda não tenham sido imunizados. 

Os agentes farão o agendamento de forma manual, para que a imunização ocorra em uma das unidades básicas de saúde (UBS) do município.

O município conta com o total de 173 agentes de saúde. A imunização será feita de 08h às 15h30, de quarta a sábado, com capacidade para aplicação de 5 mil doses padrão por dia.

As gestantes e as puérperas (mulheres que tiverem filhos em até 45 dias) serão imunizadas com a Pfizer, nas unidades de Marcílio de Noronha e Vila Bethânia.