Atentado do Estado Islâmico deixa pelo menos 86 mortos no Iraque

Geral

Atentado do Estado Islâmico deixa pelo menos 86 mortos no Iraque

Redação Folha Vitória

Bagdá - Um atentado suicida reivindicado pelo Estado Islâmico deixou pelo menos 86 mortos no Iraque, além de mais de uma centena de feridos, segundo agentes de segurança e funcionários de hospitais. O agressor detonou um pequeno caminhão-tanque, carregado com explosivos pesados, em um mercado no centro de Khan Bani Saad, uma cidade de maioria xiita na província de Diyala, 30 quilômetros a nordeste da capital iraquiana, Bagdá.

O Estado Islâmico reivindicou a responsabilidade pelo ataque, em mensagem divulgada no Twitter por usuários conhecidos por associação com o grupo extremista. Segundo o grupo, o atentado foi uma vingança pelo "massacre de sunitas" na cidade iraquiana de Hawija, no norte do país. Não está claro a qual "massacre" o grupo se refere, mas a cidade de Hawija tem sido palco de confrontos desde que foi ocupada pelo Estado Islâmico, em junho de 2014

O Estado Islâmico identificou o suicida como Abu Ruqaya al-Ansari. Segundo o grupo, ele detonou três toneladas de explosivos, tendo como alvo milícias da maioria xiita do país. No sábado, os xiitas celebram o feriado muçulmano do Eid, realizado após o mês de jejuns do Ramadã. A minoria sunita começou a celebrar o Eid nesta sexta-feira.

Pelo menos 116 pessoas ficaram feridas no ataque da sexta-feira, segundo Ali Tamimi, o gerente da diretoria de saúde local da província de Diyala. Fonte: Dow Jones Newswires.