Funkeiro de apenas seis anos abusa de pornografia e palavrões em clipe

Geral

Funkeiro de apenas seis anos abusa de pornografia e palavrões em clipe

Os proibidinhos, grupo do qual o garoto faz parte, surgiu no vácuo de sua versão ostentação. Wellington é empresário e pai do funkeiro mirim. Wellington lançou o primeiro single de seu filho

O menino tem apenas 6 anos Foto: R7

Ryan Pietro completou seis anos em 25 de abril deste ano. O funkeiro mirim é fã de MC Pedrinho, MC Brinquedo e MC Pikachu, conhecidos como MCs Proibidinhos, garotos com menos de 18 anos que fazem sucesso nas redes sociais cantando letras recheadas de sexo e palavrões.

Os proibidinhos, grupo do qual o garoto faz parte, surgiu no vácuo de sua versão ostentação. Wellington é empresário e pai do funkeiro mirim. Wellington lançou o primeiro single de seu filho, 'Tapa na Bunda'.

No clipe, o menino faz gestos e acena para os quadris de duas garotas. Em dois dias, o clipe caseiro teve mais de 3.000 visualizações, além de uma enxurrada de críticas.

O pai do MC Vilãozin diz que o filho entende tudo que canta. "Com certeza ele entende o que está cantando. É pior ver dois homens se beijando na televisão do que cantar Tapa na Bunda."

Foi aberto um inquérito civil no Ministério Público de São Paulo para investigar o trabalho dos MCs Proibidinhos. O clipe caseiro da música Tapa na Bunda já teve mais de 4 milhões de visualizações na internet.

MC Vilãozin não gosta muito de falar. Quando questionado se ele tem uma vida adequada para uma criança ele diz: "Eu brinco". Segundo os pais da criança, MC Vilãozin nunca fez shows, e não ganha dinheiro com as músicas.

Com informações do Portal R7