Líder da oposição em Israel vai a Washington para evitar acordo com Irã

Geral

Líder da oposição em Israel vai a Washington para evitar acordo com Irã

Redação Folha Vitória

Jerusalém - O líder da oposição de centro-esquerda de Israel, Isaac Herzog, vai a Washington, nos Estados Unidos, para expor as preocupações de seu país com acordo sobre o programa nuclear iraniano, fechado ontem com seis potências mundiais (EUA, China, Rússia, Reino Unido, França e Alemanha). A informação é de seu porta-voz, Ofer Newman.

Esta é a primeira sinalização de que Israel deverá atuar para evitar a aprovação do acordo pelo Congresso norte-americano, que tem 60 dias para avaliar os termos do compromisso. "Nós devemos entrar em um diálogo com nosso grande aliado, os EUA", disse Herzog.

Segundo o porta-voz, o político pretende "explicar que o problema está com o acordo e discutir implicações de segurança". No acerto, o Irã se compromete em restringir seu programa nuclear, para obter reduções em sanções econômicas internacionais. As restrições têm como objetivo evitar que o país fabrique armas nucleares.

Newman não detalhou quando será a viagem de Herzog nem com quem ele conversará, mas ressaltou que sua principal missão é convencer os parlamentares norte-americanos a votar contra o acordo.

Embora faça parte da oposição, Herzog tem o mesmo interesse do primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu. "Vamos fazer de tudo pela segurança de Israel", disse ontem Herzog, em encontro com o primeiro-ministro. Hoje, no Parlamento, ele afirmou que "você pode fazer de tudo, mesmo sendo da oposição". "Nossa segurança não é uma questão de disputa", justificou. Fonte: Associated Press.