Motociclista tenta desviar de pipa com cerol e tem pé cortado em Vila Velha

Geral

Motociclista tenta desviar de pipa com cerol e tem pé cortado em Vila Velha

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a maioria desses acidentes acontece no período de férias escolares, nos meses de junho, julho e dezembro. as maiores vítimas são motociclistas e ciclistas

Emanuel teve o pé cortado por uma linha de pipa com cerol Foto: TV Vitória

Os acidentes por causa do uso de linhas de pipa com cerol não param de crescer no Espírito Santo. Nesta quinta-feira (30), um motociclista teve o pé cortado por causa do produto, em Vila Velha. Emanuel Duarte passava  pelo bairro Soteco, quando avistou a linha de pipa no caminho. Ele tentou proteger o pescoço, mas acabou caindo e teve o pé ferido.

“Foi um corte profundo, precisei dar seis pontos. Por causa da pancada tive fratura exposta no dedo. Se isso tudo foi no pé, imagina no pescoço?” questionou a vítima

No bairro onde aconteceu o acidente existem muitas pipas, linhas e rabiolas penduradas nos fios, sinal de que o risco para motociclistas naquela região é constante. No último dia (16), outro motociclista ficou ferido e levou 22 pontos no pescoço.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a maioria desses acidentes acontece no período de férias escolares, nos meses de junho, julho e dezembro. as maiores vítimas são motociclistas e ciclistas. Para se proteger o ideal é usar uma antena que impede que a linha chegue até o pescoço do motociclista.

“Existem as antenas que bloqueiam o motociclista e fazem o corte da linha antes que ela chegue ao pescoço, e existem protetores de pescoço”, orientou André Assis da Guarda Municipal de Vila Velha.

Vítimas do cerol

Dia 12/07 >> Uma linha de pipa com cerol quase tirou a vida da inspetora penitenciária, Patrícia Martins Julião, de 32 anos. Ela seguia de moto para do bairro Inhanguetá para Santo Antônio, ambos em Vitória, quando teve o pescoço cortado.

Dia 14/07 >> O vendedor Marcelo Henrique de Aguiar também foi atingido por este tipo de linha e teve o pescoço cortado. O acidente ocorreu no bairro Novo México, em Vila Velha, próximo a uma unidade de saúde, onde a vítima recebeu os primeiros socorros.

Dia 16/07 >> Mais um motociclista teve o pescoço cortado por linhas de pipas com cerol, na Grande Vitória. Desta vez, o acidente foi registrado na BR 262, em Jardim América, CariacicaNoel da Silva Tenente, 31 anos, seguia em direção à Vitória quando foi atingido por uma linha com cerol. Os bombeiros socorreram o rapaz, que foi levado para o Hospital São Lucas, onde foi medicado e já recebeu alta.

Dia 21/07 >> O incidente aconteceu no bairro Morada de Santa Fé, em CariacicaRalfe Rodrigues, de 32 anos, passava por uma rua do bairro quando teve seu pescoço cortado pelo cerol. O rapaz foi levado pela UTI do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital São Lucas, em Vitória, e não corre risco de morte.