• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Autoridades venezuelanas detêm mais dois magistrados nomeados pelo Congresso

Geral

Autoridades venezuelanas detêm mais dois magistrados nomeados pelo Congresso

Caracas - Dois magistrados nomeados na semana passada pela Assembleia Nacional da Venezuela, em meio a críticas do Supremo Tribunal de Justiça, foram detidos hoje, de acordo com o Legislativo do país.

Os magistrados Jesús Rojas Torres e Zuleima González foram presos no estado de Anzoátegui por membros do Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional (Sebin), de acordo com uma mensagem no Twitter da Assembleia Nacional, de maioria opositora.

As detenções acontecem três dias depois da prisão do magistrado Ángel Zerpa, que também foi nomeado na semana passada pelo Congresso. A Assembleia Nacional nomeou, em 21 de julho, 13 magistrados e 20 suplentes do Supremo em um desafio aberto à corte - controlada por governistas - que declarou nulo o ato dos congressistas e instruiu as autoridades civis e militares a tomar medidas de coerção contra os implicados no processo.

O presidente Nicolás Maduro questionou a designação do grupo de magistrados e disse no domingo que iriam presos "um a um".

O diretor da organização humanitária Foro Penal Venezolano, Alfredo Romero, confirmou na véspera que um tribunal militar havia ratificado a detenção de Zerpa. O jurista foi acusado do crime de traição e levado para uma das sedes da polícia política. Fonte: Associated Press.