• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chefe militar francês renuncia após divergência com Macron sobre orçamento

Geral

Chefe militar francês renuncia após divergência com Macron sobre orçamento

Paris - O chefe das Forças Armadas da França, Pierre de Villiers, renunciou nesta quarta-feira após divergir com o presidente Emmanuel Macron sobre gastos de defesa.

Recentemente, o governo francês anunciou que iria cortar o orçamento de defesa em 850 milhões de euros (US$ 981 milhões) este ano, como parte de uma estratégia para sanear as finanças do país.

Em comentários feitos durante uma audiência a porta fechadas na Assembleia Nacional, que acabaram vazando para a imprensa, Villiers mostrou-se preocupado com os cortes no orçamento.

Durante discurso a chefes militares, na última quinta-feira, Macron queixou-se de que era indigno debater o assunto em público e alertou para não ser contrariado.

Em seu comunicado de renúncia, Villiers alegou hoje que era sua obrigação expressar preocupações com o financiamento do Exército francês.

Villiers será substituído por François Lecointre, que liderou uma missão de treinamento da União Europeia no Mali. Fontes: Dow Jones Newswires/Associated Press.